Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

goiasxbrasildepelotasO Goiás encarou na noite desta sexta-feira (26), o Brasil de Pelotas pelo Campeonato Brasileiro da Série B. A equipe de Sérgio Soares vinha de empate contra o América, em Belo Horizonte pelo placar de 1 a 1, assim como os sulistas que empataram contra o Londrina na última rodada da Segundona.

Os mil duzentos e sessenta e três torcedores que foram ao Serra Dourada em plena sexta à noite esperavam mais. E até que os primeiros minutos de jogo prometiam um grande espetáculo. Antes dos 4 do primeiro tempo, o placar do Serra Dourada já 1 a 1. Mas assim ele permaneceu, Goiás e Brasil de Pelotas pareciam satisfeitos em campo com o resultado e pouco fizeram para mudar os rumos da partida.

O Jogo

O Goiás entrou em campo sabendo que precisava de uma vitória diante do Brasil de Pelotas, no Serra Dourada. O torcedor que assistiu os primeiros minutos de jogo, pôde se encher de esperanças. Aos 2 minutos, o Verdão abriu o placar com o zagueiro Alex Alves, e tudo indicava que a partida seria dominada pelos donos da casa. Após o gol de Alex, o Brasil reiniciou a partida no centro de campo rapidamente, e assim nasceu a jogada que seria o empate da equipe do Sul. Aos 3 minutos, Rafinha lançou Elias, o meia rolou da linha de fundo para Bruno Lopes que só teve o trabalho de mandar para o fundo da rede. Posteriormente ao gol, as equipes se organizaram em campo, o Goiás deu a primeira investida aos 12 minutos. Jean Carlos arriscou de longe, e após confusão na área, Patrick finalizou, mas a bola desviou na zaga do Brasil. Logo em seguida, a partida poderia tomar outro rumo.

 Aos 18, Léo Gamalho sofreu pênalti, o atacante chamou a responsabilidade para a cobrança, mas já que a fase não ajuda, Gamalho chutou fraco no canto esquerdo de Mirita que fez a defesa facilmente. A partida ficou equilibrada, as duas equipes jogavam no erro do adversário, O Goiás investia mais em finalizações. Os últimos minutos da primeira etapa foram dominados pelo Verdão, Patrick quase anotou um belíssimo gol de bicicleta aos 43. Já nos acréscimos, o Brasil perdeu o zagueiro Teco, ele já havia recebido amarelo no jogo, e depois de cometer falta dura em Carlos Eduardo, foi expulso. Mas a expulsão só veio depois da intervenção do bandeirinha na situação, aí então o árbitro da partida Pablo dos Santos voltou atrás e deu o vermelho. Os primeiros 45 minutos terminaram muito equilibrados no Serra Dourada.

O segundo tempo não começou tão promissor assim. Apesar da substituição feita no intervalo por Sérgio Soares, Michael entrando no lugar de Willians, o Goiás não mudou nada em campo. Aos 8 minutos, Jean Carlos cometeu falta e acabou levando cartão vermelho direto. O árbitro parecia estar tentando recompensar de alguma forma a expulsão de Teco no ainda no primeiro tempo. O empate parecia satisfazer as duas equipes que já não conseguiam finalizar. Sérgio Soares fez todas as substituições que podia, no lugar de Carlos Eduardo, o treinador pôs Aylon, ambos atacantes, e no lugar de Tiago Luís atacante, Elyeser que joga como volante foi o escolhido. Mesmo com as três alterações, a equipe esmeraldina em nada mudou, o ataque não funcionava com eficácia e o Brasil de Pelotas também não demonstrava perigo. A chance mais clara de gol no jogo foi do Brasil aos 21 minutos, Elias avançou pela direita tocou para Bruno Lopes que quase fez o segundo. A partida seguiu no mesmo ritmo, sem emoções, até o apito final do árbitro com 50 minutos de jogo. Com o resultado, o Goiás assume a décima quinta posição na tabela com 2 pontos conquistado. Dos 12 pontos disputados até aqui, apenas 2 foram conquistados pelo time de Sérgio Soares, lembrando que o Verdão teve jogo da 4ª rodada antecipado na semana passada.

Preocupação?

Um sinal de alerta acendeu no Goiás. A Série B mal começou, mas fica evidente que o time comandado por Sérgio Soares não está bem. Falando em Sérgio Soares, o treinador que chegou para assumir o time no lugar de Silvio Criciúma já começa a ter seu trabalho contestado no clube. Assim como seria em qualquer time de futebol no Brasil, já que essa é uma “tradição” adotada pelos diretores de clubes brasileiros. Mas vamos aos números, essa foi a quarta partida disputada pelo Verdão na Série B, dos 12 pontos possíveis, apenas 2 foram conquistados em dois empates por 1 a 1, sendo que a equipe teve partida antecipada da 4ª rodada contra o Paraná na semana passada. Algo precisa ser feito, e rápido, antes que a situação fique ainda pior.

FICHA TÉCNICA

Campeonato Brasileiro Série B

Jogo: Goiás 1 x 1 Brasil de Pelotas

Data: 26/05/2017

 Horário: 21h30 horas (de Brasília)

Cidade: Goiânia (GO)

Gol: Alex Alves (Goiás)

 Estádio: Serra Dourada

Cartão amarelo:  Willians, Patrick (Goiás) Teco (Brasil de Pelotas)

Cartão vermelho: Teco (Brasil) Jean Carlos (Goiás)

 Árbitro: Pablo dos Santos Alves - PB (CBF)

 Árbitro Assistente 1: Marcio Freire Lopes - PB (CBF)

Árbitro Assistente 2: Tomaz Diniz de Araujo - PB (CBF)

Quarto Árbitro: Jefferson Ferreira de Moraes - GO (CBF)

Goiás: Marcelo Rangel; Tony, David Duarte, Alex Alves e Carlinhos; Willians e Patrick; Carlos Eduardo, Jean Carlos e Tiago Luís; Gamalho

Brasil: Eduardo Martini; Sciola, Leandro Camilo, Teco e Marlon; Leandro Leite, João Afonso e Rafinha; Bruno Lopes, Rodrigo Silva e Elias

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757