Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Divulgação
goiasxfigueira
O Goiás estreou com derrota neste Campeonato Brasileiro da Série B. Jogando no Estádio Serra Dourada neste sábado (13), o time esmeraldino perdeu para o Figueirense por 1 a 0. O alviverde teve uma apresentação muito abaixo do que mostrou na reta final do Campeonato Goiano. Esta foi a primeira partida do técnico Sérgio Soares à frente da equipe, que começou pressionado, já que seu antecessor, Sílvio Criciúma, teve o trabalho muito elogiado nas dez partidas em que comandou o Verdão e o levou ao tricampeonato goiano.

O próximo compromisso do Goiás é fora de casa. O time esmeraldino vai até Minas Gerais encarar o América. O duelo está marcado para a próxima sexta-feira (19), às 21h30, no Estádio Independência.

A partida

No primeiro tempo o jogo começou truncado, muitos passes errados e ambas as equipes sem conseguir criar muito. O Goiás não conseguia pressionar e nem levar perigo pelo meio de campo. Carlos Eduardo era o jogador esmeraldino que mais procurava jogo, em um lance, conseguiu ir até a linha de fundo, mas na hora do chute foi travado pelo goleiro. Jean Carlos e Tiago Luís tentaram de fora da área, já que a bola não chegava ao ataque, mas o goleirão fez boas defesas.

Aos 37 minutos, Léo Sena perdeu a bola no meio de campo e Jorge Henrique puxou rápido contra-ataque e viu Henan livre. O jogador tocou para Robinho que manteve grande frieza e esperou Marcelo Rangel cair e chutou firme para o fundo do gol, abrindo o placar para o Figueirense.  Após Léo Sena perder esta bola, a torcida esmeraldina que estava presente no Serra Dourada começou a vaiá-lo. O Goiás se mostrou muito perdido em campo e não conseguiu ter boa triangulação para criar jogadas ofensivas.

O segundo tempo voltou mais movimentado e com ambas as equipes conseguindo criar mais. Mesmo estando à frente no placar, o Figueirense seguiu buscando fazer o segundo gol. Já o Goiás não conseguiu encaixar o meio campo e Carlos Eduardo continuou sendo o melhor jogador em campo, o que mais procurava jogo. As chances mais claras do Verdão neste segundo tempo saíram com ele. Na primeira, o camisa 7 levou a bola até a linha de fundo, driblou o zagueiro e cruzou na área, Michael cabeceou e o goleiro defendeu, no rebote, Tiago Luís chutou e a bola explodiu na zaga.

Numa segunda jogada perigosa, Carlos Eduardo levou a bola até a linha de fundo, driblou o goleiro e cruzou rasteiro para a área, mas não tinha nenhum jogador esmeraldino. O Goiás seguiu tentando o gol, mas a marcação do Figueirense foi muito intensa e eficiente, o Verdão teve dificuldades de furar o bloqueio dos visitantes. Além disso, jogadores importantes não estavam em uma noite inspirada, como Léo Gamalho, Tiago Luís e Léo Sena.

Começo com vaias

Após conquistar o tricampeonato goiano no último domingo, o Goiás voltou a campo neste sábado (13) para estrear pela Série B, mas começou com o pé esquerdo. O time esmeraldino teve uma apresentação muito abaixo do esperado e foi vaiado em alguns momentos do jogo, mas principalmente ao final, quando o Figueirense confirmou sua vitória por 1 a 0 e jogando bem, mesmo sendo no Serra Dourada.

Estreias

Além de estrear no Campeonato Brasileiro da Série B, o Goiás teve duas estreias na equipe. O técnico Sérgio Soares comandou o time pela primeira vez. O treinador foi contratado para conduzir o time na competição e conseguir o tão sonhado acesso, mas começou com o pé esquerdo. Sérgio chega pressionado, já que seu antecessor, Sílvio Criciúma, conquistou o tricampeonato com o Verdão e teve o trabalho muito elogiado, mas não foi efetivado. O volante Elyeser também estreou pelo Verdão hoje. O jogador foi apresentado oficialmente esta semana, mas já treinava com a equipe a algum tempo, mas não teve uma estreia muito boa.

Ficou devendo

Léo Gamalho teve um início de Campeonato Goiano mágico. O jogador se mostrou decisivo e artilheiro, ajudando o Goiás a sair com a vitória em muitos jogos difíceis. Mas o atacante esmeraldino teve uma lesão no dedão do pé esquerdo e ficou afastado dos gramados por cerca de um mês. Voltou na reta final do Goianão, mas não conseguiu marcar gols e nem ter uma grande apresentação. Hoje, novamente, o camisa 9 esmeraldino teve uma atuação muito apagada e mostrou que ainda não conseguiu reencontrar o bom futebol.

FICHA TÉCNICA

Campeonato Brasileiro Série B: 1ª rodada 
Jogo: Goiás 0 x 1 Figueirense  
Data: 13/05/2017  
Horário: 19 horas (de Brasília)  
Cidade: Goiânia (GO) 
Estádio: Serra Dourada

Gol: Robinho (37’|1ºT)

Cartão amarelo: Léo Sena (Goiás) ; Dudu (Figueirense)

Público e renda no Serra Dourada:
Público pagante: 2.116
Público presente: 3.107
Renda: R$41.440,00

Árbitro: Andrey da Silva e Silva 
Assistentes: Marcio Gleidson Correia Dias e Heronildo S Freitas da Silva 
4ª árbitro: Jefferson Ferreira de Moraes

GOIÁS: Marcelo Rangel; Pedro Bambu, Éverton Sena, Alex Alves e Patrick; Victor Bolt (Thalles); Carlos, Léo Sena (Elyeser), Jean Carlos (Michael) e Tiago Luís; Gamalho. Ténico: Sérgio Soares.

FIGUEIRENSE: Thiago Rodrigues; Dudu, Leandro Almeida, Bruno Alves e Iago; Zé Antônio e Dudu Vieira; Jorge Henrique (Juliano), Robinho (Renan Mota) e Luidy; Henan. Técnico: Márcio Goiano.

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757