Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

leo gamalho gecO Goiás vai fazer nesse domingo (7), a partida de volta da final do Campeonato Goiano contra o Vila Nova. Na ida o Verdão goleou pelo placar de três a zero e conseguiu uma importante vantagem. O atacante Léo Gamalho é uma das estrelas do time esmeraldino, e candidato a artilheiro da competição.

O jogador falou sobre a possibilidade de levar a artilharia do Goianão para casa. “Meu primeiro objetivo é ser campeão, é claro que a gente teve um bom resultado na primeira partida, mas eu estou focado nisso, é claro que se eu tiver a oportunidade de fazer gol isso é muito importante pra mim, eu vivo de gols, espero que as oportunidades venham surgir pra que eu possa estar no mínimo empatando e se tiver mais oportunidade quem sabe ser artilheiro”, disse Léo Gamalho.

Gamalho também comentou sobre uma renovação e expressou seu desejo de permanecer na equipe que disputará a Série B do Brasileirão. “Eu expressei minha vontade de continuar aqui em Janeiro, ainda na pré-temporada, quando foi conversado comigo eu falei que eu gostaria de continuar aqui, eu gosto daqui, minha família gosta daqui, então essa vontade partiu primeiro de mim, depois a diretoria também, eu estou preocupado agora com a final, mas quero renovar o contrato”, afirmou o atacante.

Algumas mudanças foram sentidas no Goiás de 2016 para o de 2017, o atacante disse que agora os jogadores estão mais focados e unidos em prol do clube. “Não dá pra dizer que todo grupo é perfeito, mas nós estamos buscando uma união muito mais que o ano passado, esse ano o jogador quer mais jogar pelo time, ano passado a gente via que o jogador queria mais aparecer que o time ter bons resultados, é isso que a gente tem fazer aqui no Goiás. Todo mundo tem que entender que quando o clube consegue bons resultados coletivamente os jogadores vão aparecer”, ressaltou o jogador.

Léo Gamalho também falou sobre a postura ofensiva que o Vila deve adotar em campo para conseguir reverter o placar. “Alguma coisa eles tem que fazer que não fizeram na primeira partida, eles criaram oportunidades, tiveram um volume bom, mas não conseguiram fazer o gol, e a gente usou a oportunidade que teve e acabou fazendo, então eles devem treinar finalizações, eles vão arriscar, a gente tem que estar atento. Temos que ter os pés no chão e trabalhar com mais intensidade”, concluiu Gamalho. 

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757