Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Rodrigo Mello / Portal 730
sergio rassi rodrigo mello portal 7302
Após empatar por 0 a 0 com o Atlético, no Serra Dourada, na tarde deste domingo (23), o Goiás garantiu vaga na grande final do Campeonato Goiano. O adversário do Verdão será decidido na noite desta segunda-feira (24), no Estádio Annibal Batista de Toledo, entre Aparecidense e Vila Nova.

O presidente esmeraldino, Sérgio Rassi, destacou que gostaria de encarar o time colorado, mas que independente de quem classificar serão jogos difíceis.

“Do ponto de vista comercial uma final com o Vila Nova seria muito interessante, a casa estaria cheia e isso seria bom para os dois times. Mas não escolhemos adversários, na fase de grupos tivemos um empate e uma derrota com a Aparecidense, e com o Vila Nova apenas um empate. Então, independente de quem seja serão partidas muitos difíceis”, declarou.

Com o fim do Goianão se aproximando os contratos de muitos jogadores se encerram. Sérgio Rassi comentou sobre a situação de Patrick, Toró e Alex Alves. “O contrato do Patrick vence no mês que vem, é evidente sua evolução nesses primeiros meses e nós, provavelmente, faremos a proposta para que ele fique até o fim do Campeonato Brasileiro.Toró e Alex Alves estamos avaliando”, afirmou.

O atacante Léo Gamalho, que ganhou a torcida e a direção esmeraldina com suas ótimas atuações e poder de decisão, possui contrato com o Verdão até dezembro deste ano. Há dois meses o clube alviverde tenta chegar a uma negociação de renovação de contrato com o jogador, mas nada foi concretizado. O presidente esmeraldino comentou sobre o desenrolar da situação de Gamalho.

“Foram feitas duas propostas que ainda não foram respondidas à direção do Goiás. Não faremos mais nenhuma, se ele recusar, só ficará até dezembro”, finalizou.

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757