Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

toro gec rosironO Goiás até tentou, mas a derrota para o Fluminense foi inevitável. Na noite de ontem (19), as duas equipes fizeram a partida de volta pela quarta fase da Copa do Brasil. Na ida em Goiânia, o Verdão havia vencido por 2 a 1 e bastava um empate para se classificar. Mas o desempenho do Esmeraldino em campo deixou a desejar, e o time de Silvio Criciúma acabou sendo derrotado no estádio do Maracanã.

O volante Toró comentou sobre o resultado que tirou o Verdão da Copa do Brasil. “Fizemos um jogo no primeiro tempo onde marcamos bastante e jogamos pouco, no segundo tempo tomamos o gol, jogando contra uma grande equipe esses detalhes que a gente deixou passar, ia tomar gol. A equipe sentiu muito, mas eu acho que nós damos o nosso melhor, corremos, nos dedicamos. Domingo temos o clássico e precisamos da cabeça erguida pra chegar à final do Goianão”, afirmou o atleta.

O jogador também foi questionado sobre o desempenho da equipe e se esse resultado era satisfatório. “Então, não sei se quando ganhamos o jogo de 2 a 1 foi feita essa pergunta, porque temos a consciência de que quando perde somos o pior time do mundo, e que quando ganhamos somos o melhor, temos que aprender com os erros, a meta do Goiás é colocar o Goiás onde ele merece, domingo tem outro jogo”.

A Série B começa a ser uma preocupação cada vez mais próxima para o Goiás, o volante foi questionado sobre como o elenco enxergou essa derrota para o Flu e o que esperam do brasileirão. “O que nos vimos no vestiário foi jogador chorando, eu tenho contrato ate o final do goiano, gosto muito do Goiás, minha família também vive o Goiás, a gente está muito emprenhado, e tem muita consciência do que temos que fazer pro Goiás subir, mas como eu falei, temos que mudar rápido, e em um momento como esse é importante o jogo de domingo”, afirmou Toró.

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757