Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Assessoria Goiás
victor bolt
O Goiás encara o Fluminense nesta quarta-feira (19) pelo jogo de volta da quarta fase da Copa do Brasil. O time esmeraldino conseguiu vencer a primeira partida, no Estádio Serra Dourada, por 2 a 1, e leva a vantagem do empate para o Maracanã. O técnico Sílvio Criciúma não revelou a escalação da equipe alviverde e faz mistério.

Três desfalques são certos. Pedro Bambu está no departamento médico, Patrick e Carlos Eduardo cumprem suspensão. Pelo lado do Fluminense, Diego Cavalieri e Henrique Dourado são as baixas. Após o treinamento da manhã desta terça-feira (18), Vitor Bolt comentou sobre a importância de fazer gols na partida independente das dificuldades e pressão feita pelo adversário, já que o critério do gol fora de casa pesa bastante no torneio.

"Não gosto de jogar em cima da vantagem porque se tomar um gol temos que correr atrás pelo empate e pode ficar mais difícil. O Goiás é grande e vai jogar como time grande para chegar lá e ganhar. Estamos esperando pressão deles, mas vamos jogar para vencer, como sempre jogamos. Sabemos que 1 a 0 a classificação é deles. Então, se tomarmos um gol teremos que sair para buscar o empate", declarou.

O Goiás vem passando por uma grande sequência de jogos. Na quinta-feira passada (13) encarou o Fluminense pelo jogo de ida da Copa do Brasil, no domingo (16) efrentou o Atlético pela primeira partida da fase semifinal do Campeonato Goiano. Em ambas as partidas o Verdão conseguiu sair com o triunfo por 2 a 1. Vitor Bolt destacou a importância dessas duas vitórias.

"São duas equipes de Série A e conseguimos vencer bem. Tenho certeza que está todo mundo focado, motivado para que possamos trazer a classificação", finalizou.

 

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757