Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Assessoria Goiás
juan.assesoria.gec
O primeiro clássico do ano entre Vila Nova e Goiás terminou empatado. Debaixo de muita chuva e com um gramado encharcado, as equipes não conseguiram sair do zero. O grande destaque da partida foi o goleiro do Vila Nova, Elisson, que fez excelentes defesas e ganhou de vez a confiança do torcedor colorado. Ao final do duelo, o meia Juan reconheceu que o goleirão foi bem, mas que o espetáculo deixou a desejar. 

"Ele foi bem, mas também não vi grandes defesas não. Nossa equipe podia ter criado mais chances de gol, chegar mais. Não vi nenhuma superioridade por parte dos times durante a partida, o resultado de empate acabou sendo mais justo pelo jogo apresentado", declarou. 

Foi o primeiro clássico contra o arquirrival que Juan jogou desde que chegou ao Goiás. O jogador não estava em um de seus melhores dias, fez faltas duras e no início do segundo tempo foi substituído. No entanto, o meia comentou ter sentido o clima emocionante do clássico e que espera ter outras oportunidades de jogar contra o Vila Nova. 

"É um tipo de jogo que movimenta torcida, imprensa, e é isso que jogador gosta de jogar, é sempre bom e saudável paro futebol e espero que nos encontremos maios para frente", afirmou. 

Com o empate, o time colorado também assegurou sua vaga para as semifinais do Campeonato Goiano, junto de Goiás e Aparecidense. A última vaga ainda está em aberto, já que o Atlético perdeu para o Rio Verde neste sábado (25). Juan afirmou que este ano não tem favorito e que a taça será muito bem disputada. 

"Os três grandes são sempre favoritos, além do Goiás, Vila e Atlético, mas agora tem também a Aparecidense que está fazendo uma campanha surpreendente. Temos que ficar espertos porque essa disputa pelo titulo vai ser acirrada", finalizou.

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757