Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Rosiron Rodrigues / Goiás EC
gilson kleina rosiron rodrigues gec
Boa Esporte e Goiás se enfrentaram em jogo válido pela 2ª fase da Copa do Brasil. O duelo foi disputado no estádio Melão, em Varginha (MG). Após o jogo, uma grande divisão de opiniões. Primeiro o diretor de futebol Harlei Menezes criticou a postura do time e disse que não gostou da atuação. Em seguida, o técnico Gilson Kleina se mostrou com uma opinião completamente diferente da do dirigente.

“Fizemos uma excelente partida. Os jogadores se apresentaram bem e conseguiram controlar o jogo. No primeiro tempo tivemos chances claras. A equipe entrou colocando dinâmica e uma pegada muito grande, conseguindo fazer uma marcação no campo adversário, algo que é muito difícil aqui”, afirma Kleina.

O Goiás ainda não conseguiu atingir o ápice de seu futebol em 2017. Mesmo com um elenco recheado de grandes jogadores, o time esmeraldino, além de não conseguir tirar a liderança do estadual do Vila Nova, perdeu a segunda colocação para a Aparecidense. No confronto com o Boa Esporte, equipe da segunda divisão do futebol mineiro, os comandados do técnico Gilson Kleina não conseguiram sequer tirar o zero do placar e ainda sofreram uma grande pressão no segundo tempo.

“Mais uma vez estamos criando, tendo condições de ampliar e fazer o resultado, e as coisas não acontecem. Acho que pela grandeza do Goiás nós temos que propor o jogo. Mas também sabemos que todas as equipes se protegem e fazem uma linha mais curta, trabalham um contra-ataque e esperam um erro nosso. Querem pegar a nossa saída de bola. É muito mais fácil construir que destruir. Acho que a equipe do Goiás foi merecedora”, diz.

Existe um tabu em Varginha (MG). Há um bom tempo o Boa não perde jogando no Melão. Apesar da derrota nos pênaltis, no tempo normal registramos mais uma partida em que o time mineiro não saiu com um revés no placar. “O Boa é uma equipe muito aguerrida e muito difícil de se bater aqui. Vale lembrar que há vinte jogos eles não perdem em seus domínios, desde o ano passado. É uma equipe realmente muito difícil e penso que os jogadores estão de parabéns”, conta.

O Goiás agora aguarda o embate entre Ponte Preta e Cuiabá, às 19h30 desta quinta-feira (02), para saber quem será seu adversário na 3ª fase da Copa do Brasil.

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757