Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Assessoria Goiás
gilson kleina rosiron rodrigues gec
O Goiás perdeu sua invencibilidade no Campeonato Goiano 2017 na noite desta segunda-feira (20), para a Aparecidense, na Serrinha, por 2 a 1. O gol esmeraldino foi anotado por Tiago Luis, em linda cobrança de falta. Os do Camaleão foram anotados por Klécio, duas vezes. O Goiás teve claras chances de gols durante a partida, inclusive desperdiçou um pênalti, que foi cobrado por Gamalho, mas o camisa 9 mandou para fora. 

Na segunda etapa, o técnico Gilson Kleina fez as três substituições: saiu Tiago Luis e entrou Medina; Carlos Eduardo deu lugar a Walter e Juan estreou com a camisa esmeraldina, entrando no lugar de Toró. A torcida presente e nem o diretor de futebol Harlei Meneses, e o presidente Sérgio Rassi, ficaram satisfeitos com as substituições realizadas pelo treinador. Os dois, inclusive, após o término da partida, criticaram abertamente a estratégia adotada pelo técnico. Na coletiva, Kleina declarou não concordar com esse tipo de situação. 

"Justificar a derrota por conta de uma substituição é muito pequeno. Temos que assumir nossos erros, eu assumo o meu, mas acho que esse tipo de declaração só prejudica. Se tem alguma cobrança, ela tem que ser feita internamente, não tem que se expor, claro que eu respeito. Entendo que esse grupo está dando uma resposta boa, as coisas não aconteceram, mas tivemos chances de ter vencido", declarou o treinador. 

O técnico alviverde lamentou  as inúmeras chances desperdiçadas do Goiás, mas não tirou o mérito da Aparecidense, que segundo ele, soube aproveitar as oportunidades que teve e criou uma boa marcação em cima de sua equipe. 

"Toda vitória tem seu mérito, não queremos justificar, o adversário teve padrão de jogo e a estratégia dele encaixou. Mas nós tivemos muitas chances claras de gol para podermos ter virado o jogo. Nossa equipe teve dificuldade na saída de bola, por conta da marcação da Aparecidense. Infelizmente hoje não foi uma noite feliz, ficamos muito chateados, porque queríamos a vitória para somar três pontos e manter a liderança, mas isso não aconteceu. Fica uma alerta e agora vamos trabalhar, ver onde está o erro e tentar evitar que isto aconteça novamente", afirmou o treinador. 

O Goiás entrou em campo nessa sexta rodada sendo líder do Grupo A do Campeonato Goiano.  Com a derrota, o time esmeraldino se igualou em todos os aspectos com o arquirrival Vila Nova: pontos, gols marcados, gols sofridos, saldo de gols e cartões vermelhos. Mas no quesito cartões amarelos, o time colorado levou 10 até aqui, enquanto o Verdão levou 15, o que leva o Goiás de volta à vice-liderança.  

O próximo compromisso do alviverde é pela sétima rodada do Campeonato Goiano, contra o Rio Verde, no estádio Mozart Veloso do Carmo, às 16 horas, no sábado (25). No primeiro turno, o time esmeraldino venceu por 2 a 0, na Serrinha. 

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757