Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Assessoria Goiás
harlei assess gec
O Goiás venceu o Goianésia na tarde deste domingo (12), no estádio Valdeir José de Oliveira, pelo placar de 2 a 0. O Verdão segue sendo o vice-líder do Grupo A, mas agora, com o tropeço do arquirrival Vila Nova (que empatou com o Rio Verde), a diferença está apenas no saldo de gol. O time colorado tem um a mais que o Alviverde. 

O diretor de futebol, Harlei Menezes, comentou sobre essa acirrada disputa pela ponta da tabela no Grupo A. "Não estamos preocupados com liderança, e sim em jogo a jogo, no crescimento e evolução da equipe. Vamos ter que enfrentar o Vila e esperamos que na hora desse duelo, consigamos ter um bom resultado e possamos assumir a liderança. Mas o Vila Nova tem feito bons jogos, também está em evolução e é um adversário difícil a ser batido", declarou o diretor. 

Apesar de ter vencido por 2 a 0, o jogo diante do Goianésia foi complicado. O gramado do estádio não estava em boas condições, e o Azulão do Vale teve uma boa atuação, mesmo não saindo com a vitória. Harlei elogiou o elenco por ter conseguido pontuar fora de casa. 

"O espírito de competitividade da equipe foi o que mais gostei. Era um campo que não oferecia condições de jogo. Fico feliz porque vi que o grupo começou a mostrar um padrão, uma evolução de conjunto e a nossa expectativa é que melhore ainda mais", afirmou. 

O próximo compromisso do Verdão é na quarta-feira (15), pela Copa do Brasil, contra o Itabaiana, no estádio Etelvino Mendonca, às 21h30. O time esmeraldino viajou para Sergipe na manhã desta segunda-feira para dar início à preparação para o jogo. Com o novo regulamento do torneio, o Goiás precisa empatar ou vencer para conseguir a classificação para a próxima fase. Harlei afirmou que todo o time está focado para conseguir esse bom resultado e chegar longe na competição. 

"Não temos muito tempo para trabalhar com tranquilidade. O Goiás vem sendo desclassificado muito precocemente em todas as últimas edições da Copa do Brasil e o torcedor está chateado com isso, nós estamos chateados também. Queremos fazer um grande jogo", finalizou o diretor de futebol. 

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757