Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Felipe Oliveira
gilsonkleina goias felipeoliveira
Assim como em todos os anos, às vésperas do início do Campeonato Goiano, o Goiás é apontado com um dos favoritos ao título da competição. Não só por sua estrutura, condição financeira, mas também por ser o maior detentor de títulos estaduais: 26.

“O favoritismo só vai se concretizar dependendo da forma como você entrar em campo. No Goianão, existem as equipes que têm suas tradições. Nós vamos buscar com muito afinco o Tri, mas nós sabemos que o interior é forte. O que temos que fazer é mostrar, a cada jogo, que o Goiás é forte com as metas e os objetivos bem traçados”, afirma o técnico Gilson Kleina.

O Goiás inicia sua caminhada rumo ao 27º título estadual, diante da Aparecidense, no Aníbal Batista de Toledo. Apesar da parceria entre os dois clubes, o treinador esmeraldino espera uma partida complicada neste domingo.

“A Aparecidense tem uma base do ano passado, jogadores experientes que têm a condição de fazer o sistema que eles utilizam funcionar. É um time que tem o nosso respeito. Diante disso, nossa ambição tem que ser forte e para que isso aconteça, nós temos que fazer como nos treinamentos, entrar com muita entrega e muita vontade”.

O time que entrará em campo contra o Camaleão, está confirmado e será o mesmo dos últimos amistosos. Segundo Kleina, essa é uma estratégia para aumentar o entrosamento dos jogadores. “A manutenção dessa equipe que fez os amistosos e vai para a estreia é para a gente ter, no mínimo, uma adaptação, um entrosamento e melhorar o conjunto em todos os aspectos”.

Walter

Grande nome do time, o atacante Walter iniciará o jogo contra a Aparecidense no banco de reservas. O jogador vem se dedicando à sua forma física, mas ainda não está no condicionamento ideal para estrear no time titular.

“É visível o que o Walter já conquistou com os treinamentos. O trabalho dele nos primeiros 10 dias foi especial. Dá para ver que ele está muito mais solto, mas vamos respeitar o planejamento feito pela preparação física, pela fisiologia para que ele possa ter a condição de ter uma regularidade”, explica Gilson

Para o comandante esmeraldino, a preparação de Walter deve ser respeitada porque o atleta é muito importante para a sequência da competição. “Hoje eu vejo ele com mais condições e quando ele entrar em campo, a equipe vai crescer muito porque ele é a referência e o ídolo da torcida”.

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757