Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Arthur Magalhães / Portal 730
edminho pinheiro goias arthurmagalhaes 001
Aconteceu na noite desta quarta-feira (26) a inauguração da nova concentração para a equipe profissional do Goiás, o Ninho dos Periquitos, no Complexo Esportivo e Recreativo Ruarc Douglas. 

No evento, estavam presentes membros da diretoria, da comissão técnica e jogadores do Verdão. Alguns conselheiros também marcaram presença, como Edminho Pinheiro, que rasgou elogios ao complexo. "Para um clube tão novo, com certeza é um sonho realizado", afirmou o ex vice-presidente esmeraldino. 

Afastado das decisões do clube desde julho do ano passado, por problemas particulares, o empresário fez questão de ressaltar o carinho com o time e que sempre terão o apoio dele quando necessário. Questionado sobre a Arena Goiás, cujo projeto também foi apresentado na noite desta quarta-feira, Edminho afirmou estar distante de acontecer, mas que todo dia dão um passo em busca disso. 

"Acho que ainda é um sonho, é uma somatória de fatores, mas é um sonho que todo dia você está vivo nele, todos estão trabalhando para que a Arena se torne realidade", afirmou. 

Sobre o time montado pelo Goiás para esta temporada, o conselheiro comentou estar sentindo um clima mais leve, de bom convívio e que o primeiro objetivo do Verdão será conquistar o tricampeonato estadual. 

"O Goiás, pela sua estrutura e time, tem a obrigação de estar buscando sempre uma final de campeonato e estar decidindo os títulos. Tricampeonato você não ganha todo dia, tem que trabalhar muito, tenho certeza que esse é o primeiro objetivo do Goiás", declarou. 

Edminho também afirmou a importância do Verdão conseguir o acesso este ano à Série A do futebol brasileiro de maneira convincente e sólida, para não ter quedas de rendimento quando chegar à elite.  

"O Goiás tem que voltar esse ano, por objetivo, mas mais do que isso, tem que voltar de maneira consistente para não cair. Essa queda que o Goiás teve nos últimos anos, não poderá ocorrer mais", finalizou o empresário.

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757