Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Charlie Pereira
jogadoresdogoiasandre
O ano do Goiás em 2016, no quesito futebol não foi bem tanto no profissional como no sub-20. Na Copa São Paulo de Futebol Júnior, o time foi eliminado na primeira fase. No Goianão da categoria, o Alviverde amargou a 5ª colocação com apenas 27 pontos conquistados em 54 possíveis. Na Copa Goiás sub-20, a equipe esmeraldina até avançou à final, mas foi superada pelo rival Vila Nova pelo placar de 11 a 1, no agregado.

A 48ª edição da Copa São Paulo de Futebol Júnior, que começa no próximo dia 2 de janeiro, será a primeira competição do Alviverde em 2017 visando dias melhores. Para o meia Fábio, de 17 anos, a Copinha será a oportunidade para o começo de uma história no Goiás. “Conversamos (elenco) bastante sobre a Copa SP, queremos ir longe. Fico feliz por ter a oportunidade de jogar um torneio que muitos craques do futebol brasileiro já passaram”, declarou o jogador. E não pense que a goleada para o Vila Nova, pela Copa Goiás, irá abalar a ambição esmeraldina. “Isso apenas nos motiva para mostrar que podemos ser capaz de dar a volta por cima. Temos um bom elenco e vamos lutar para chegar longe”, comentou o zagueiro João Victor.

Mas se depender das inspirações dos atletas do Goiás, a equipe goiana não terá dificuldades em avançar gradativamente no torneio de juniores. Craques como Cristiano Ronaldo, Marcelo, Neymar James Rodríguez, Thiago Silva e jogadores como Elias, ex-Corinthians e D’Alessandro, que retornou ao Internacional, foram mencionados, durante entrevistas com o repórter Pedro Marinho, da Rádio 730, como espelhos para os jovens atletas do Alviverde.

A força do clube, no entanto, não é ‘feita’ apenas em casa. O Goiás terá na Copa São Paulo de Futebol Júnior jogadores que surgiram para o futebol em outros campos. A diretoria do maior campeão estadual mantém parcerias com clubes do Estado onde alguns jogadores são aproveitados pelo Verdão. Na próxima edição da Copinha o volante Caetano, um dos mais experiente do clube; e o zagueiro João Victor, são crias da Aparecidense. Já Marcos Vinícius, de 17 anos, começou sua carreira no Jardim América. Todos treinam no Goiás há pelo menos dois anos.

Com inspiração de estrangeiros, buscando redenção após uma temporada ruim e união de parcerias, o Goiás vai começar sua trajetória na Copa São Paulo de Futebol Júnior no dia 4 de janeiro contra o Pérolas Negras, do Haiti, às 14h. Com sede na cidade de São Paulo, o Alviverde ainda vai enfrentar o Nacional-SP, também às 14h, só que no dia 6 e encerra sua participação na fase de grupos contra o Cori-Sabbá, do Piauí, às 9h.

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757