Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Marcello Dantas / O Popular
classico.vilaxgoias.marcellodantas
E o maior clássico do centro-oeste terminou empatado no Serra Dourada na tarde deste sábado (14). Vila Nova e Goiás fizeram uma partida muito movimentada, mas não saíram do zero. O time colorado foi superior no jogo e criou as melhores oportunidades, mas pecou na hora das finalizações. Já o time esmeraldino não conseguiu fazer uma finalização no gol durante os 90 minutos.

O empate não foi bom para nenhum dos lados. O Vila Nova segue na 5ª colocação com 47 pontos, mas pode ser ultrapassado pelo Oeste ainda nesta rodada. O Goiás permanece no 14ª lugar com 35 pontos, mas pode cair uma posição caso o Guarani vença o Náutico na noite de hoje. O próximo duelo do Tigre é contra o Criciúma, no Heriberto Hulse, na terça-feira (17).  Já o Verdão encara o Juventude, no Serra Dourada, na terça (17), às 21h30.

A partida

O clássico começou com tudo debaixo dos 38ºC no Serra Dourada. O Vila Nova, mandante da partida, dominou nos primeiros 10 minutos e criou duas grandes chances de gol. Mas desperdiçou. Uma com Alan Mineiro que chutou firme, mas Bambu tirou em cima da linha do gol. Na outra, Mateus Anderson ficou sozinho com o goleiro, mas chutou muito pra cima do gol.

Após os 15 minutos, o Vila diminuiu mais o ritmo, mas seguiu criando as melhores oportunidades. O Goiás não deu nenhum chute ao gol, já o Tigre teve pelo menos, mais três chances para abrir o placar, mas faltou efetividade nas finalizações. O time esmeraldino não conseguiu realizar triangulações e nem criar jogadas de perigo. O meio-campo colorado engoliu o alviverde nos primeiros 45 minutos.

Na etapa final, o jogo voltou bem mais equilibrado. O Goiás passou a criar mais e tentou tomar as rédeas da partida, mas o Vila Nova seguiu mostrando muita raça em campo e buscando o resultado. Entretanto, as finalizações seguiram deixando a desejar. Tanto que o técnico Hemerson Maria utilizou as três substituições para trocar o ataque.

Os minutos finais seguiram emocionantes.  Em cobrança de falta feita por Alan Mineiro, Wesley Matos cabeceou em cheio, mas Rangel fez uma grande defesa e evitou que o Tigre marcasse. Apesar de ter dominado a maior parte do jogo e ter criado as maiores oportunidades de gol, o Vila Nova não conseguiu o gol e a partida não saiu do zero.

Sem problemas no Serra

Muito foi especulado durante a semana sobre a possibilidade de torcedores do Goiás irem ao jogo disfarçados e criar uma confusão nas arquibancadas e/ou cadeiras. Mas dentro do Serra Dourada durante os 90 minutos, nenhum tipo de confusão aconteceu. Ainda no primeiro tempo, três torcedores foram denunciados nas cadeiras pela torcida colorada. Cerca de 15 policiais foram até eles e o questionaram sobre o que estava acontecendo. Por precaução, os três torcedores foram retirados do estádio.

Torcida única

Cerca de 13 mil torcedores compareceram ao Serra Dourada para apoiarem o Vila Nova no clássico. Um público bem abaixo do esperado, já que a justiça definiu que a partida seria com apenas uma torcida e a expectativa era de pelo menos 15 mil presentes. Mas o torcedor presente apoiou e cantou durante os 90 minutos do jogo.

FICHA TÉCNICA

Campeonato Brasileiro da Série B – 29ª rodada
Jogo: Vila Nova x Goiás
Data: 14/10/2017
Horário: 16h30 (de Brasília)
Estádio: Serra Dourada

Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)
Assistentes: Thiago Henrique Neto Correa Farinha (RJ) e Diogo Carvalho Silva (RJ)
4ª árbitro: Eduardo Tomaz de Aquino Valadão (GO)

VILA NOVA: Luís Carlos, Maguinho, Wesley Matos, Alemão; Gastón, PH, Geovane e Alan Mineiro; Alípio (Ruan), Moisés (Tiago Adan) e Mateus Anderson (Lourency). Técnico: Hemerson Maria

GOIÁS:Marcelo Rangel, Pedro Bambu, Fábio Sanches, Alex Alves e Carlinhos; Elyeser, Victor Bolt (Péricles) e Léo Sena; Carlos Eduardo (Michael), Júnior Viçosa e Nathan (Tiago Luís). Técnico: Hélio dos Anjos

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757