Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Reprodução / PFC
briga.reproducao.pfc
O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), em julgamento realizado nesta terça-feira (4), decidiu, por unanimidade, punir Goiás e Vila Nova por conta da briga entre as torcidas no clássico realizado no último dia 24 de junho, pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série A, no Estádio Serra Dourada. Na sessão, ficou definido que ambos os clubes perderão o mando de campo de cinco partidas, que terão que ser realizadas a 200 km de Goiânia, além de pagar uma multa no valor de R$ 50 mil cada. Os advogados dos dois times tentarão conseguir um efeito suspensivo. 

Goiás e Vila Nova foram denunciados por infringir o Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), nos artigos 191, inciso 3, por não cumprirem o artigo 63  do Regulamento Geral de Competições (RGC); o artigo 213, inciso 1, por deixarem de prevenir e reprimir desordem. 

Caso o efeito suspensivo não seja aprovado, o Goiás jogará longe de sua torcida contra Londrina, CRB, Oeste, América-MG e Paraná. Já o Vila Nova receberá fora de seus domínios Paraná, Paysandu, Internacional, Náutico e Boa Esporte.

A partida do Goiás na próxima sexta-feira (8), contra o Luverdense, ainda será em Goiânia, mas como o Serra Dourada está interditado até que medidas sejam tomadas para separar as arquibancadas da geral, o time esmeraldino realizará a partida no Estádio Olímpico.

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757