Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Karina Azevedo / Portal 730
goiasxvilanova
Em jogo movimentado e com três gols o Goiás saiu na frente e conseguiu uma excelente vantagem na caminhada rumo ao título do Campeonato Goiano. O mandante da partida era o Vila Nova, mas o time esmeraldino não se importou com isso e goleou o arquirrival por 3 a 0 com o gols de Tiago Luís, Carlos Eduardo e Alemão, contra. No duelo da volta o Verdão pode perder por até dois gols de diferença. 

O jogo da volta acontece no próximo domingo (7), às 16 horas no Estádio Serra Dourada. Desta vez o mando de campo será alviverde.

A partida 

O jogo começou muito movimentado e com o Vila Nova criando mais volume de jogo e com maior posse de bola. O time colorado se impôs e tentou criar várias jogadas ofensivas, mas o Goiás foi mais eficiente. O alviverde teve duas jogadas ofensivas e em uma, após cruzamento, Léo Gamalho conseguiu finalizar, mas Elisson realizou excelente defesa. O Vila Nova manteve a posse de bola maior durante todo o primeiro tempo e levando mais pressão ao gol de Rangel, mas as finalizações deixaram a desejar. 

Os dois times foram escalados com três atacantes e, com isso, o meio campo deixou a desejar muito. As jogadas mais ofensivas foram criadas pelas laterais. O Goiás insistiu mais pela direita e o Vila Nova também, com o Everton ajudando. Aos 47 minutos após boa jogada de Carlos Eduardo, o camisa número 7 esmeraldino cruzou rasteiro, Alemão tentou tirar, mas pegou mal na bola e fez gol contra.  

Atrás no placar, o Vila Nova iniciou o segundo tempo indo pra cima. Antes dos 4 minutos de jogo o time colorado já teve três escanteios a seu favor. Em um deles o Tigre ficou pedindo pênalti após a bola bater na mão do zagueiro Alex Alves, mas o juiz não marcou nada. O Tigre seguiu pressionando para chegar ao empate, mas pecava muito nas finalizações. 

O Goiás continuou tentando aproveitar as poucas chances que aparecia nas falhas de marcação do VIla Nova e também nos contra ataques. Aos 22 minutos, após excelente jogada de Tiago Luís, o camisa 11 alviverde cortou para dentro e chutou no canto esquerdo de Elisson que nem mesmo tentou se mexer para evitar o gol. Após o segundo tento do Goiás o time colorado caiu muito de rendimento e o alviverde dominou o jogo. O meio de campo do Vila não conseguiu criar mais. Aos 47 minutos, após grande falha da zaga e do goleiro Elisson, Carlos Eduardo aproveitou e liquidou a partida. 

Segue o tabú 

Desde 2012 o Vila Nova não consegue triunfar em cima do Goiás pelo Campeonato Goiano. De lá até aqui os times já se enfrentaram em 11 oportunidades, sendo sete vitórias do Goiás e quatro empates. Pelo estadual já foram 183 confrontos. O time colorado já conseguiu a vitória em 42 jogos, já o time esmeraldino saiu com o triunfo 87 vezes. Empates somam 54.

O tri é logo ali! 

O Goiás tenta conquistar o seu tricampeonato este ano. O time esmeraldino venceu a competição em 2015 diante da Aparecidense e em 2016 em cima do Anápolis, nos pênaltis. O Alviverde já conseguiu este feito em outra oportunidade, no ano de 1996, quando ganhou o Campeonato Goiano cinco anos consecutivos, tendo sua sequência quebrada justamente pelo arquirrival Vila Nova. Esta é a sétima vez consecutiva que o Goiás chega a uma final do Goianão, e com os 2 a 0 feitos nesta primeira partida o time alviverde está mais perto do que nunca de conquistar o tricampeonato.  

De vilão a herói 

O atacante Carlos Eduardo é da base do Goiás e no estadual 2016 foi eleito o melhor jogador do Campeonato Goiano. Mas nesta edição de 2017 o jogador alternou muito em suas atuações. Apesar de ser muito rápido, mostrava falta de técnica para dar continuidade as jogadas. Durante o duelo na tarde deste domingo (30), Carlos Eduardo não começou bem e foi vaiado pela própria torcida do Goiás nos primeiros minutos. Mas o jovem de 20 anos não se deixou intimidar e deu os passes para os dois primeiros gols e marcou o terceiro, mostrando que ainda tem muito para oferecer. 

Ficaram devendo 

Os artilheiros dos times ficaram devendo nesta primeira partida da final do Campeonato Goiano. Léo Gamalho e Moisés não conseguiram ter um bom desempenho e passaram em branco. O camisa 11 colorado finalizou apenas uma vez, no segundo tempo, mas pegou muito mal e a jogou por cima do gol de Rangel. O camisa 9 esmeraldino também finalizou apenas uma vez e deixou claro que ainda não encontrou sua melhor forma após voltar da lesão. 

Problemas 

Para a partida de hoje o Vila Nova teve um importante desfalque de última hora. O zagueiro Wesley Matos teve um entorse na sexta-feira e não teve condições de jogar o primeiro clássico da final. O jogador também é dúvida para o jogo da volta. Mas o técnico Mazola Júnior tem outra preocupação, o zagueiro Alemão estava pendurado com dois cartões amarelos e levou o terceiro ainda no primeiro tempo do jogo e está fora da partida de volta.

FICHA TÉCNICA 

Campeonato Goiano: Final – Jogo de ida  
Jogo: Vila Nova 0 x 3 Goiás  
Data: 30/04/2017  
Horário: 16 horas (de Brasília)  
Cidade: Goiânia (GO)  
Estádio: Serra Dourada 

Gols: Alemão (contra) (47'|1ºT); Tiago Luís (22'|2ºT) e Carlos Eduardo (47'|2ºT). 

Público e renda no Serra Dourada 
Público pagante: 20.895 
Público total: 22.492 
Renda: R$426.015.00 

Árbitro: Wílton Sampaio (Fifa)  
Assistentes: Fabrício Vilarinho (Fifa) e Leone Carvalho 
4º Árbitro: Jefferson Ferreira 

VILA NOVA: Elisson; Maguinho, Brunão, Alemão e Jonathan; Billy, PH e Everton (Serrato); Wallyson, Matheus Anderson (Vandinho) e Moisés (Ruan). Técnico: Mazola Júnior. 

GOIÁS: Marcelo Rangel; Hélder, Everton Sena e Alex Alves; Patrick; Victor Bolt, Léo Sena e Tiago Luís (Jarlan); Carlos Eduardo, Leo Gamalho e Aylon (Jean Carlos). Técnico: Sílvio Criciúma.

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757