Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: O Popular
anibal batista o popular
Valendo vaga na grande final do Goianão, Aparecidense e Vila Nova duelam na noite desta segunda-feira (24), às 20 horas, no Estádio Annibal Batista de Toledo. O time colorado tem a vantagem do empate após conseguir o triunfo por 2 a 1, no Serra Dourada. A outra vaga será decidida no confronto entre Goiás e Atlético que acontece neste domingo (23).

Por ser mandante da partida e precisar do resultado, a Aparecidense vai a campo um pouco mais ofensiva que na semana passada. Hélder e Clécio ainda são dúvidas, o técnico Zé Téodoro não confirmou a presença de ambos na partida. Assim, a provável escalação do Camaleão é Pedro Henrique; Rafael Cruz, Robson, Mirita e Mário Sérgio; Lusmar, Washington, Robert e Murilo; Tozin e Aleilson.

O técnico Mazola Júnior, como sempre, não deu indícios de como vai escalar a equipe para esta partida de volta. Na semana passada, jogando em casa, o treinador escalou a equipe de uma forma mais ofensiva, esquema que provavelmente não será mantido para a noite desta segunda-feira. Assim, o Tigre deve ir a campo com Elisson; Maguinho, Wesley Mattos, Alemão e Jonathan; Fagner, Geovane, Serrato e Everton; Wallyson e Moisés.

Uma semana atrás...

Com cerca 11 mil pessoas no Serra Dourada, o Vila Nova entrou em campo contra a Aparecidense para tentar conseguir uma vantagem para o jogo de volta da semifinal, e conseguiu. O técnico Mazola Júnior escalou o time com três atacantes (Mateus Anderson, Walysson e Moisés) e surpreendeu a equipe da Aparecidense que não contava com uma mudança tão radical assim do treinador (Mazola já chegou a dar entrevistas falando que o time não tinha qualidade ofensiva para jogar com três atacantes e que esse não era um esquema que o agradava). No primeiro tempo da partida o Tigre conseguiu garantir a vitória, na segunda etapa o Camaleão até tentou, mas não chegou ao empate, assim a partida terminou 2 a 1 para o Vila.O time colorado chega com a vatangem do empate para o confronto.

Tabú a ser quebrado de um lado...

A última vez que o Vila Nova chegou a uma final de Campeonato Goiano foi em 2005, quando conquistou o título do estadual em cima do arquirrival Goiás. Depois disso, o time colorado chegou até as semifinais seis vezes (2006, 2007, 2010, 2011, 2012 e 2016), mas ficou pelo caminho em todas elas. Em 2014 foi rebaixado para a segunda divisão do estadual e em 2015 conquistou o título, retornando em 2016. Para o torcedor colorado, o Vila Nova passar da Aparecidense significa a chance de finalmente ver seu time ter a chance de levantar o caneco após 12 anos.

... e de outro.

Se o Vila Nova possui um tabu a ser quebrado de 12 anos, a Aparecidense tem um de 31 para tentar quebrar. O Camaleão é um clube novo, fundado em 1985 e que até hoje não conseguiu levantar o caneco do Goianão. O time de Aparecida já chegou a final do Campeonato Goiano em 2015 ao eliminar o Trindade na semifinal. Na grande final, a Aparecidense encarou o Goiás, mas perdeu o primeiro jogo por 2 a 1, e empatou o segundo em 1 a 1, perdendo a chance de conquistar o inédito título.

Retrospecto

Pelo Campeonato Goiano, Vila Nova e Aparecidense já se enfrentaram em 19 oportunidades com 9 vitórias para o lado colorado e 7 triunfos para o Camaleão, somando três empates. Um total de 26 gols marcados pelo Tigrão e 26 pela Aparecidense. Na fase de grupos desta edição do Campeonato Goiano, os times se encontraram em duas oportunidades. Na primeira, o Vila Nova venceu por 2 a 1, no segundo, a Aparecidense saiu com o triunfo por 1 a 0. E no primeiro jogo da semifinal deste ano, na segunda-feira passada (17), o time colorado conseguiu vencer mais uma vez pelo placar de 2 a 1.

FICHA TÉCNICA

Campeonato Goiano:   Semifinal - Jogo de volta
Jogo:  Aparecidense x Vila Nova
Data: 24/04/2017
Horário: 20 horas (de Brasília)
Cidade: Aparecida de Goiânia (GO)
Estádio: Annibal Batista de Toledo

Árbitro:  Wílton Sampaio (Fifa)
Assistentes: Wílton Sampaio (Fifa) e Edson Antônio
4º Árbitro: Roberto Giovanny

APARECIDENSE:  Pedro Henrique; Rafael Cruz, Robson, Mirita e Mário Sérgio; Lusmar, Washington, Robert e Murilo; Tozin e Aleilson.. Técnico:   Zé Teodoro.

VILA NOVA:   Elisson; Maguinho, Wesley Mattos, Alemão e Jonathan; Fagner, Geovane, Serrato e Everton; Wallyson e Moisés. Técnico: Mazola Júnior.

Valendo vaga na grande final do Goianão, Aparecidense e Vila Nova duelam na noite desta segunda-feira (24), às 20 horas, no Estádio Annibal Batista de Toledo. O time colorado tem a vantagem após conseguir o triunfo por 2 a 1, no Serra Dourada. A outra vaga será decidida no confronto entre Goiás e Atlético que acontece neste domingo (23).

Por ser mandante da partida e precisar do resultado, a Aparecidense vai a campo um pouco mais ofensiva que na semana passada. Hélder e Clécio ainda são dúvidas, o técnico Zé Téodoro não confirmou a presença de ambos na partida. Assim, a provável escalação do Camaleão é Pedro Henrique; Rafael Cruz, Robson, Mirita e Mário Sérgio; Lusmar, Washington, Robert e Murilo; Tozin e Aleilson.

O técnico Mazola Júnior, como sempre, não deu indícios de como vai escalar a equipe para esta partida de volta. Na semana passada, jogando em casa, o treinador escalou a equipe de uma forma mais ofensiva, esquema que provavelmente não será mantido para a noite desta segunda-feira. Assim, o Tigre deve ir a campo com Elisson; Maguinho, Wesley Mattos, Alemão e Jonathan; Fagner, Geovane, Serrato e Everton; Wallyson e Moisés.

Uma semana atrás...

Com cerca 11 mil pessoas no Serra Dourada, o Vila Nova entrou em campo contra a Aparecidense para tentar conseguir uma vantagem para o jogo de volta da semifinal, e conseguiu. O técnico Mazola Júnior escalou o time com três atacantes (Mateus Anderson, Walysson e Moisés) e surpreendeu a equipe da Aparecidense que não contava com uma mudança tão radical assim do treinador (Mazola já chegou a dar entrevistas falando que o time não tinha qualidade ofensiva para jogar com três atacantes e que esse não era um esquema que o agradava). No primeiro tempo da partida o Tigre conseguiu garantir a vitória, na segunda etapa o Camaleão até tentou, mas não chegou ao empate, assim a partida terminou 2 a 1 para o Vila.

Tabú a ser quebrado de um lado...

A última vez que o Vila Nova chegou a uma final de Campeonato Goiano foi em 2005, quando conquistou o título do estadual em cima do arquirrival Goiás. Depois disso, o time colorado chegou até as semifinais seis vezes (2006, 2007, 2010, 2011, 2012 e 2016), mas ficou pelo caminho em todas elas. Em 2014 foi rebaixado para a segunda divisão do estadual e em 2015 conquistou o título, retornando em 2016. Para o torcedor colorado, o Vila Nova passar da Aparecidense significa a chance de finalmente ver seu time ter a chance de levantar o caneco após 12 anos.

... e de outro.

Se o Vila Nova possui um tabu a ser quebrado de 12 anos, a Aparecidense tem um de 31 para tentar quebrar. O Camaleão é um clube novo, fundado em 1985 e que até hoje não conseguiu levantar o caneco do Goianão. O time de Aparecida já chegou a final do Campeonato Goiano em 2015 ao eliminar o Trindade na semifinal. Na grande final, a Aparecidense encarou o Goiás, mas perdeu o primeiro jogo por 2 a 1, e empatou o segundo em 1 a 1, perdendo a chance de conquistar o inédito título.

Retrospecto

Pelo Campeonato Goiano, Vila Nova e Aparecidense já se enfrentaram em 19 oportunidades com 9 vitórias para o lado colorado e 7 triunfos para o Camaleão, somando três empates. Um total de 26 gols marcados pelo Tigrão e 26 pela Aparecidense. Na fase de grupos desta edição do Campeonato Goiano, os times se encontraram em duas oportunidades. Na primeira, o Vila Nova venceu por 2 a 1, no segundo, a Aparecidense saiu com o triunfo por 1 a 0. E no primeiro jogo da semifinal deste ano, na segunda-feira passada (17), o time colorado conseguiu vencer mais uma vez pelo placar de 2 a 1.

FICHA TÉCNICA

Campeonato Goiano: Semifinal - Jogo de volta
Jogo:Aparecidense x Vila Nova
Data: 24/04/2017
Horário: 20 horas (de Brasília)
Cidade: Aparecida de Goiânia (GO)
Estádio: Annibal Batista de Toledo

Árbitro:Wílton Sampaio (Fifa)
Assistentes: Wílton Sampaio (Fifa) e Edson Antônio
4º Árbitro
: Roberto Giovanny

APARECIDENSE:  Pedro Henrique; Rafael Cruz, Robson, Mirita e Mário Sérgio; Lusmar, Washington, Robert e Murilo; Tozin e Aleilson..Técnico: Zé Teodoro.

VILA NOVA:Elisson; Maguinho, Wesley Mattos, Alemão e Jonathan; Fagner, Geovane, Serrato e Everton; Wallyson e Moisés. Técnico: Mazola Júnior.

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757