Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Divulgação
serra dourada divulgacao
A fase semifinal do Campeonato Goiano já começou! Neste domingo (16), o clássico entre Atlético e Goiás deu a largada pela disputa por uma vaga na grande final do estadual. E nesta segunda-feira (17) o outro duelo acontece, e desta vez é entre Vila Nova e Aparecidense, no Estádio Serra Dourada, às 20 horas. A partida marca os primeiros 90 minutos dos 180 que vai decidir quem vai disputar a taça do Goianão. Para o Vila Nova o peso da partida é ainda maior, além de ser o mandante, o Tigre não conquista o estadual desde 2005, e conseguir uma vantagem neste primeiro duelo seria meio caminho andado para quebrar este tabú.

O técnico Mazola Júnior fez muito mistério em volta da escalação que vai utilizar nesta semifinal, com direito até mesmo a treinos com portões fechados. Mazola já na última rodada da fase de grupos contra o Crac poupou titulares para utilizar neste duelo. Assim, a provável escalação colorada será Elisson; Maguinho, Wesley Mattos, Alemão e Jonathan; PH, Fagner, Geovane e Everton; Wallyson e Moisés.

Pelo outro lado, a Aparecidense também manteve mistério em relação a escalação e até mesmo nos treinos. O técnico Zé Teodoro tem um desfalque certo para a partida. Liniker está lesionado e deve ficar fora o restante do Campeonato Goiano. Clécio e Hélder são dúvidas, ambos estão entregues ao departamento médico. Assim, o Camaleão deve ir à campo com Pedro Henrique; Rafael Cruz, Thiago Carvalho, Mirita e Mário Sérgio; Lusmar, Washington, Murilo e Robert; Aleílson e Tozin. 

O caminho até aqui...

Desde o início, Vila Nova e Aparecidense eram esperados nesta fase semifinal. Apesar disto, o duelo entre os dois era visto como algo improvável pela forma como foi desenhada a fase de grupos e os quatro primeiros colocados. Tudo levava a crer que o Tigre iria encarar o Goiás e o Camaleão o Atlético. Mas com os resultados improváveis da última rodada da fase de grupos, os dois foram colocados frente a frente.

... do Tigrão...

O time colorado trouxe o técnico Mazola Júnior para comandar a equipe neste Campeonato Goiano e também já visando o Brasileiro Série B. Além disso, o Vila iniciou o ano com o discurso de fazer contratações pontuais e consolidar uma base, e não trazer vários nomes como já aconteceu em anos anteriores. O nome de maior peso foi o do meia Hiroshi, que chegou com uma grande promessa, mas não conseguiu corresponder às expectativas da diretoria e da torcida.

No Campeonato Goiano deste ano, o Vila Nova teve o melhor início de toda sua história. Chegou até mesmo a ter 83% de aproveitamento na fase inicial e só perdeu a liderança na sexta rodada, mas a retomou na sétima e permaneceu até a nona. Começou vencendo o clássico com o Atlético por 1 a 0 e só teve a primeira derrota no Goianão na sexta rodada, justamente na partida do returno contra o Dragão. No outro clássico contra o Goiás, empatou por 0 a 0. O time colorado terminou a fase de grupos com 6 vitórias, 4 derrotas e 4 empates, com um aproveitamento de 52,4%.

... e do Camaleão.

O diretor de futebol da Aparecidense, Cocá, montou um elenco de peso para este Campeonato Goiano visando alcançar o grande título do estadual. No começo, o Camaleão decepcionou, não conseguiu ter bons desempenhos dentro de campo e nem alcançar resultados positivos. Com essas apresentações ruins, a Aparecidense começou a ser vista como um dos candidatos a ser a grande decepção do estadual.

O Camaleão só alcançou seu primeiro triunfo no Campeonato Goiano na quinta rodada, diante do Crac por 3 a 1. Depois disso, o time ficou nove partidas sem perder, tendo empatado apenas duas. Na partida contra os clubes da capital, empatou com o Atlético por 1 a 1, perdeu uma e ganhou outra para o Vila Nova, e empatou uma e ganhou outra do Goiás. A Aparecidense assumiu a liderança do Grupo B na sétima rodada e a liderança geral na décima, e permaneceu até o final. O Camaleão foi o primeiro time a confirmar sua vaga nesta fase semifinal e terminou a fase de grupos com 7 vitórias, 4 empates e 3 derrotas, um aproveitamento de 59,5%, o melhor do estadual e que garantiu uma vaga na Copa do Brasil do ano que vem.

Retrospecto

Pelo Campeonato Goiano, Vila Nova e Aparecidense já se enfrentaram em 18 oportunidades com 8 vitórias para o lado colorado e 7 triunfos para o Camaleão, somando três empates. Um total de 24 gols marcados pelo Tigrão e 25 pela Aparecidense. Na fase de grupos desta edição do Campeonato Goiano, os times se encontraram em duas oportunidades. Na primeira, o Vila Nova venceu por 2 a 1, no segundo, a Aparecidense saiu com o triunfo por 1 a 0.

FICHA TÉCNICA

Campeonato Goiano:  Semifinal - Jogo de ida
Jogo:  Vila Nova x Aparecidense
Data: 17/04/2017
Horário: 20 horas (de Brasília)
Cidade: Goiânia (GO)
Estádio: Serra Dourada

Árbitro: Elmo Resende
Assistentes: Fabrício Vilarinho (Fifa) e Alexandre Amaral
4º Árbitro: Breno Souza

VILA NOVA:  Elisson; Maguinho, Wesley Mattos, Alemão e Jonathan; PH, Fagner, Geovane e Everton; Wallyson e Moisés. Técnico: Mazola Júnior.

APARECIDENSE:  Pedro Henrique; Rafael Cruz, Thiago Carvalho, Mirita e Mário Sérgio; Lusmar, Washington, Murilo e Robert; Aleílson e Tozin. Técnico:  Zé Teodoro.

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757