Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Washington / Rádio 730
rioverdexatletico
Em partida válida pela décima segunda rodada do Campeonato Goiano, o Atlético sofreu e perdeu para o Rio Verde, que jogava em casa, no estádio Mozart Veloso do Carmo pelo placar de 2 a 1. A equipe do interior saiu na frente, o Dragão teve um pênalti não convertido no primeiro tempo e a derrota foi inevitável. O clube do interior não perdeu para nenhum time da capital no Goianão.

O próximo compromisso do Atlético na competição é contra a Aparecidense no estádio Olímpico na quarta-feira (29). O Dragão precisa vencer para ficar próximo da vaga na semi-final do Goianão. Já o Rio Verde, encara o Anápolis em casa, no Velosão, às 17h30 da tarde e precisa do triunfo para escapar do rebaixamento.

A partida

O jogo começou tranquilo com chances para os dois lados, logo aos três minutos o Rio Verde criou a primeira chance de gol com Ayrton, mas Wanderson salvou para o Dragão mandando a bola pela linha de fundo. O Atlético respondeu aos 8 com o garoto de cabeça com João Pedro após cruzamento de Abuda. O Dragão seguia pressionando até que aos 18 teve um gol mal anulado, o bandeirinha deu falta no volante Thiago Medeiros que chegou atrasado na jogada quando Jorginho finalizou para o gol.

Aos 22 o Rio verde marcou o primeiro em cobrança de falta na entrada da área, Ayrton mandou a bola no ângulo do goleiro Kléver. O Atlético teve a chance de empatar aos 34 em cobrança de pênalti, Luiz Fernando cobrou mal, e o goleiro Tom fez a defesa. O jogo seguiu equilibrado até o fim da primeira etapa.

No segundo tempo, o Dragão começou pressionando e logo fez o gol de empate. Em cruzamento de Wanderson aos 9 minutos, o garoto João Pedro de cabeça empatou para o Atlético. O Dragão seguiu pressionado pelo Rio Verde que criava as melhores jogadas, a defesa atleticana parecia estar perdida em campo. Aos 25, Rogerinho ganhou uma disputa de bola com Wanderson e finalizou sem chances para Kléver. Até o restante da partida o Atlético buscava o empate, mas o Rio Verde segurava como podia e conseguiu sair com a vitória do Velosão.

Confusão

A partida foi maraca também por algumas confusões. O técnico do Rio Verde, Régis Amarante, foi expulso aos 42 minutos da primeira etapa após atrapalhar uma cobrança de lateral do Dragão. Depois de expulso e mesmo de fora do campo, o treinador atirou um copo de cerveja no bandeirinha. Dois gandulas também foram expulsos da partida, eles estavam demorando a repor a bola quando a posse era do Atlético. Se você está achando tudo inusitado no futebol, mais coisas ainda aconteceram. No final do jogo, o serviço de alto-falante do estádio que é utilizado para dar informações, foi tomado por uma voz que gritava “Rio Verde, Rio Verde”, coisas que a gente só vê em estaduais.

FICHA TÉCNICA

Campeonato Goiano: 12ª rodada
Jogo: Rio Verde 2 x 1 Atlético
Data: 25/03/2017
Horário: 16h
Cidade: Rio Verde
Estádio: Mozart Veloso do Carmo

Cartões Amarelos: Bonfim, Abuda, Silva, (Atlético). Roger Guerreiro, Rogério, (Rio Verde).

Gols: Ayrton (22’ |1ºT), Rogerinho (25’|2ºT), João Pedro (09’|2ºT)

Árbitro: Breno Souza
Assistentes: Leone Carvalho e André Oliveira

RIO VERDE: Tom; Bruno Leite, Rogério, Heberto, Thiago Medeiros;Roger Guerreiro, Enry, Makelele, e André Luís. Ayrton e Saulo.

ATLÉTICO: Kléver; Daniel Borges, Bonfim, Roger Carvalho, Wanderson; Abuda e Silva, Jorginho; Luiz Fernando, Willians e João Pedro.

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757