Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

(Imagem: Divulgação)
apa gec
A busca pelo tricampeonato estadual começou com um empate para o Goiás. Em partida marcada pelo equilíbrio, o Alviverde ficou duas vezes à frente do placar, mas a Aparecidense mostrou sua força no Anníbal Batista de Toledo e conseguiu igualar o marcador, neste domingo, 29, em partida válida pela primeira rodada do Campeonato Goiano. 2 a 2: esse foi placar do confronto. Os gols do duelo foram marcados por Tozin, duas vezes (APA) e Everton Sena e Léo Gamalho (GEC).

Com o resultado, o Goiás mantém seu retrospecto em cima do rival. Já são dez jogos sem derrotas do Alviverde para a Aparecidense jogando no Aníbal Batista de Toledo. O time de Gilson Kleina termina a rodada na 3ª colocação do Grupo A. Já a Aparecidense fecha a primeira de 15 rodadas do estadual na 1ª posição do Grupo B, ao lado de Anápolis e Rio Verde. Todos com um ponto conquistado.

Na próxima semana as equipes retornam a campo. Na quarta-feira (1), o Goiás defende invencibilidade de 29 jogos (25 vitórias e quatro empates) jogando no Estádio Hailé Pinheiro contra o Rio Verde em partida válida pela segunda rodada do Goianão, às 21:45 (de Brasília). No mesmo dia, porém um pouco mais cedo, às 20:30 (de Brasília) a Aparecidense visita o Itumbiara, no JK.

Bom (ínicio de) jogo

Os primeiros 15 minutos da partida mostraram que os times não ligaram (muito) para o calor e começaram o jogo a mil. Ambas as equipes tiveram chances claras de abrir o placar nos primeiros instantes do duelo, mas os respectivos meio-campistas estavam atentos nas marcações e o jogo teve uma cara truncada durante boa parte da primeira etapa.

A recompensa

A postura inicial apresentada pelo Goiás foi recompensada no final da primeira etapa. Dos 11 jogadores titulares no maior campeão estadual, oito atletas foram contratados visando a disputa do calendário de 2017. Muitos mostraram em suas primeiras partidas oficiais com o manto esmeraldino pegada, vontade e determinação diferente do elenco de 2016.

Jean Carlos, assim como apresentado nos jogos-treino, chamou atenção por ser o responsável pelos principais passes - muitos terminaram nos pés dos atacantes do Alviverde. Carlos Eduardo, um dos poucos remanescentes da temporada passada, se destacou na primeira metade da partida por buscar jogo e dar trabalho para a zaga da Aparecidense.

A recompensa pela postura esmeraldina chegou aos 44 minutos do primeiro tempo. Após cobrança de escanteio, a bola foi desviada e encontrou o zagueiro Everton Sena que tirou o zero do placar - ele já havia marcado um tento na vitória de 2 a 0 contra o Brasília, em jogo-treino preparatório para atual temporada.

Na minha casa: o Goiás manda

Em toda a história esse foi o confronto número 22 entre as equipes - 21 pelo Campeonato Goiano e um amistoso. Com o resultado de hoje já são 16 vitórias do Goiás e apenas um triunfo da Aparecidense. Considerando jogos onde o Camaleão atuou como mandante, o Alviverde jamais foi derrotado. Em dez partidas, foram sete vitórias do Goiás e três empates.

O golaço!

A volta do intervalo fez para o time de Aparecida de Goiânia. Logo no começo da etapa decisiva, o Camaleão mostrou que não iria desistir fácil do certame e partiu para cima do clube Alviverde. Aos 12 minutos o ímpeto ofensivo do clube foi recompensado após cobrança de escanteio realizada pelo lateral Rafael Cruz. A bola encontrou o pé direito do atacante Tozin, que de primeira finalizou para as redes esmeraldinas.

Léo Gamalho, de novo!

Na Série B de 2016, Léo Gamalho participou de 17 jogos e marcou 11 gols. A nova temporada começou e ele manteve o poder de decisão para o Goiás. Na sua primeira partida oficial, o camisa 9 esmeraldino marcou seu primeiro gol no ano após bela cobrança de falta do meia Jean Carlos, que colocou na cabeça do artilheiro do Alviverde.

Tozin, o artilheiro

Em um intervalo de sete minutos o volante Victor Bolt, com participação do árbitro Bruno Rezende, definiram o resultado da partida. Primeiro, o atleta esmeraldino cometeu uma falta e recebeu o primeiro amarelo de 2017. Na sequência o jogador fez nova falta, na visão do juiz da partida, e acabou recebendo o segundo amarelo, por consequência o primeiro vermelho do Campeonato Goiano. Tozin, que havia marcado o primeiro tento da Aparecidense no duelo, cobrou a falta no ângulo do goleiro Marcelo Rangel, que pouco pôde fazer.

Sem derrotas em estreia

Com o empate deste domingo (29), o Goiás amplia sua sequência de jogos sem derrotas em aberturas do Campeonato Goiano. Desde 2012 o time esmeraldino não sabe o que é ser derrotado jogando a primeira rodada do estadual. O mesmo vale para a Aparecidense, que desde 2013 não perde no primeiro embate válido pelo Goianão.

FICHA TÉCNICA

Camp. Goiano: 1ª rodada
Jogo: Aparecidense 2x2 Goiás
Data: 29/01/2017
Horário: 17:00
Cidade: Aparecida de Goiânia (GO)
Local: Aníbal Batista de Toledo

Árbitro: Bruno Rezende (GO)
Assistentes: Alexandre Amaral (GO) e Bruno Pires (GO)
4º árbitro: Simião Antônio (GO)

Gols: Everton Sena, aos 44’ do 1ºT; Léo Gamalho, aos 19’ do 2ºT (GEC) | Tozin, aos 12’ do 2ºT e aos 44’ do 2ºT (AAA)
Cartões Amarelos: Robert, Tozin e Mirita (AAA) | Everton Sena, Léo Gamalho e Victor Bolt (GEC)
Cartão Vermelho: Victor Bolt (GEC)

APARECIDENSE: Pedro Henrique; Rafael Cruz, Mirita, Braga e Helder; Klécio (Aleíson), Foguinho (Everton Dias), Washington (Diney) e Elias; Tozin e Robert. Técnico: Zé Teodoro.

GOIÁS: Marcelo Rangel; Hélder, Everton Sena, Fábio Sanches e Paulinho; Victor Bolt, Pedro Bambu, Jean Carlos e Léo Sena (Walter); Carlos Eduardo (Jarlan) e Léo Gamalho (Patrick). Técnico: Gilson Kleina.

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757