Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

andrigoO Atlético volta à campo nesta quinta-feira (16) para enfrentar o Botafogo, no  Engenhão, às 20h. O time está na reta final e já liberou alguns jogadores que não vestem mais a camisa rubro-negra neste ano, por exemplo, Paulinho e Marcos. Na vitória contra o Sport, o destaque da partida foi o atacante Diego Rosa, que ressaltou a vontade de permanecer na equipe atleticana.

Com a saída de Walter, as responsabilidades dos gols do Dragão ficaram em cima de Diego Rosa e ele não vem decepcionando. O jogador marcou 3 gols nos dois últimos jogos. O meia Andrigo sabe das qualidades de cada atleta, mas não sabe dizer com quem é mais fácil jogar no ataque, Walter ou Diego Rosa.

“Não tem como te dizer se é mais fácil ou se é mais difícil porque são características muito diferentes. Em alguns quesitos o Walter é melhor e em outros é o Diego. Isso é todo o grupo, alguns eu sou melhor, outros o Nem, outros o Luiz Fernando é melhor. Então, a característica é muito diferente. O Walter quando o jogo estava truncado, nós conseguimos lançar a bola nele e ele conseguia dominar na frente mais para ficarmos com a posse da bola. Já o Diego é um cara de muita movimentação que também nos ajuda e também nos facilita, porque somos um time leve e rápido e conseguimos sair com mais facilidade lá”, diz.

Andrigo tem contrato com o Internacional e permanece no Atlético até o fim do ano, tem como opção de renovar com o clube. O meia comentou sobre focar no que ainda tem por vir, para depois voltar a pensar qual será seu destino em 2018.

“Muitos já me perguntaram isso e perguntaram outras coisas também, mas o que eu sempre respondo é a mesma coisa, que meu contrato aqui é até dezembro, o final do campeonato. Eu foco muito no momento. Eu deixo essas questões extracampo muito para depois. Muita gente acha que pode ser frescura que acha que eu não quero ficar ou não, mas eu sou assim e sempre fui. Eu sempre penso no momento e creio que o que eu fizer agora vai resultar depois. Então, deixo totalmente para focar aqui nesses jogos. Enquanto tiver chance ainda, temos que acreditar e temos que trabalhar assim, sabemos que é difícil, mas não impossível” finaliza.

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757