Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Paulo Marcos / ACG
joaopaulosanches.paulomarcos.acg
As duas derrotas consecutivas jogando em casa para o Palmeiras (no Olímpico) e Vasco (no Serra Dourada) não eram esperadas pelos torcedores rubro-negros e nem pela equipe. Com os pontos não conquistados em  seus domínios, as chances para o Atlético permanecer na Série A do Brasileiro caíram bastante, levando-se em conta que a equipe é a lanterna com 26 pontos e faltam oito rodadas para o fim da competição.

Após a derrota para o Vasco por 1 a 0 (com gol contra do lateral Jonathan), o vice-presidente executivo e diretor de futebol, Adson Batista, concedeu uma entrevista à Rádio 730 onde falou que os jogadores estavam se deixando abalar pelo momento e poderia não estar escutando o que era passado. O técnico João Paulo Sanches comentou sobre esta declaração.

“Sou muito consciente, tenho 19 anos de futebol, quatro anos de Atlético, sei muito bem como as coisas se direcionam, como caminham. E posso garantir: no dia que eu achar que a minha voz não está sendo escutada no vestiário como treinador eu chego na diretoria e falo que estou fora. Enquanto achar que tenho efeito e a diretoria confiar em mim, sigo no grupo. Intensidade de jogo, proposta de trabalho, eles vem comprando, as vezes de maneira menos intensa na marcação, mas estão ouvindo. Os números não mentem, é um time antes e pós João Paulo”, afirmou.

Com as chances ainda menores de conseguirem a permanência na Série A, João Paulo Sanches comentou sobre como trabalhar o psicológico dos jogadores nesta reta final para não se darem por vencidos e caírem de produção, já que fora de casa o returno do Atlético é um dos melhores do campeonato.

“Conversamos com os atletas e falamos que tínhamos grandes chances de deixarmos a zona de rebaixamento caso vencêssemos esses dois jogos em casa, mas mais uma vez não pontuamos diante do torcedor. Agora o que procurei passar para eles é que temos que focar e nos alimentar que dos últimos 12 pontos disputados fora fizemos 10 e espero que consigamos permanecer com essa energia fora de casa”, destacou.

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757