Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

adson batistaO Atlético perdeu para o Vasco na noite desta quarta, por 1 a 0, no Serra Dourada. O Atlético fez uma excelente partida, mas deixou que o Vasco ganhasse a partida em um gol contra marcado pelo lateral Jonathan. Com a derrota, o Dragão continua na lanterna da competição, com 26 pontos ficando a cinco pontos do 19º. Após a partida o diretor de futebol do Atlético, Adson Batista, cedeu entrevista rádio 730, onde comentou sobre o desempenho da equipe na competição, permanência do técnico João Paulo Sanches e o rendimento de Walter no clube.

Confira entrevista completa;  

Quais foram as falhas da equipe no jogo contra o Vasco?

- No jogo perdemos outra grande oportunidade. Nós tivemos volume de jogo, mas não tivemos muitas oportunidades de poder fazer o gol, criamos muito. o vasco não criou muito, nosso goleiro no segundo tempo não fez nenhuma defesa. Foi um jogo muito ruim. Nós jogamos muitas partidas no primeiro turno em que jogamos com a alma e tínhamos a esperança de ter um time guerreiro. Na partida vi muitos erros e até entrega de alguns jogadores, mas tinha jogadores jogando muito bem. Senti que em alguns jogos nosso time deu um arriada. Se tivéssemos o nível que tivemos em algumas partidas fora de casa nós tínhamos ganhado o jogo. Esse ano é de muito sofrimento dentro de campo, porque fora de campo estamos caminhando bem, mas é muito ruim porque futebol vive de resultado. Precisamos já pensar no ano que vem e vamos buscar alguma alternativa para melhorar. O Atlético precisa jogar esses noves jogos com muito seriedade e respeito a marca do clube

O técnico João Paulo Sanches vai permanecer no comando do Atlético?

- Nós vamos avaliar com  profundidade. O João tem feito o melhor dele. Nós sentimos que nesse momento os jogadores não estão reagindo muito com o discurso O João é um profissional que tem muito futuro  tem que crescer em algumas coisas, isso é natural. Temos também que pensar no ano que vem. É evidente que alguns jogadores não estão tendo força de vontade. Muitos jogadores já estão sentindo emocionalmente. Vamos avaliar essa situação de maneira profunda e rápida. O que não vai acontecer é o Atlético começar a fazer partida de nível baixo tecnicamente. Temos uma marca e um grupo sério.

Tem jogadores que você pretende continuar para 2018?

- Tenho certeza que sim. Primeiro que são bons profissionais. Nossa preocupação é porque já está havendo um abatimento muito grande. Estou vendo jogadores que tinha um nível muito bom, mas já está se entregando. Estão sentindo a carga dessa campanha ruim. Tem que entender que estão disputando uma série A e é uma grande oportunidade, tem que mostrar seu valor. O clube está cumprindo com as suas obrigações. Todos tem que jogar e honrar a camisa do Atlético. Tem muitos jogadores na equipe que são interessantes para o futuro do Atlético.

Se tivesse que fazer o investimento que fez no Walter hoje, você faria novamente?

- O Walter foi muito importante para nós, dentro e fora de campo, mas nós esperávamos mais. Esperava mais até da própria equipe. Hoje em dia o Atlético é um clube viável e não terá penhoras e nem problemas futuros, porque tem essa responsabilidade. O Walter e toda a equipe, podia ter rendido mais. O Walter é um jogador que tecnicamente tem muita qualidade. Não posso em momento nenhum jogar a carga só em cima do Walter. Temos que saber avaliar isso bem no futuro.

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757