Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Hector Werlang
vicefluminense
O Atlético foi lembrado pelo vice-presidente de futebol de um clube carioca, mas não por algo agradável. Em áudio vazado de Fernando Veiga, o vice do Fluminense afirmou que mesmo o clube sendo um dos maiores "times do mundo", a receita chega a ser pequena e fez uma infeliz comparação com o clube rubro-negro.

"Hoje a gente tem uma receita de time pequeno, de Atlético Goianiense. Nós somos um time enorme, somos um dos maiores times do mundo, mas temos receita, hoje, de time pequeno. Então como a gente contrata? Como que a gente reforça?", afirmou em áudio.

Fernando Veiga também falou quando foi atrás de um jogador “mediano” e assustou com a pedida dos jogadores, sendo que o clube não teria como pagar nem 10%do valor mais baixo para um atleta.

"Como a gente usa a criatividade? A gente não tem dinheiro para pagar salário de R$ 20 mil. Há um mês a gente correu atrás de volante e zagueiros. E jogadores medianos pedindo R$ 200, 300 mil para jogar no Fluminense. Como a gente paga isso? A nossa receita é baixíssima e a despesa enorme", finalizou.

Em 2016, a receita do Fluminense chegou a casa dos 290 milhões de reais, enquanto a receita do Atlético Goianiense não chegou perto dos 60 milhões, sendo que o clube foi campeão voltando a elite nacional. O áudio contém mais de 10 minutos de duração e é um verdadeiro desabafo sobre a atual situação do tricolor carioca. A informação foi dada pelo UOL e confirmada pelo GloboEsporte.com.br

 

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757