Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Agência Estado
ago
Mais uma vitória do Atlético na Série A do Brasileiro, dessa vez jogando fora diante da Ponte Preta. A equipe rubro-negra faz um segundo turno digno de G4 e luta jogo a jogo para conseguir tirar o time da zona de rebaixamento, foram 10 pontos nos últimos cinco jogos. No jogo desta noite, o Dragão saiu na frente com Luiz Fernando, permitiu o empate da Ponte com gol contra de William Alves, mas Walter voltou a marcar e assistiu Ronaldo fazer um golaço e decretar a vitória atleticana.

O JOGO

No primeiro tempo, o Atlético voltou a mostrar a raça e o bom futebol que tem para permanecer na Série A. Apesar de jogar no Moisés Lucarelli, o clube rubro-negro estava jogando “em casa”. A Ponte apareceu uma vez ou outra em jogadas que passavam por Sheik e Nino Paraíba. O Atlético pressionou e criou mais chances de gol. Méritos também a defesa que se recompunha bem a cada bola perdida. O gol merecido saiu no fim da primeira etapa, após escanteio de Bruno Pacheco, Luiz Fernando bateu com categoria e definiu placar do primeiro tempo. 1 a 0 Atlético.

Ao contrário do primeiro tempo, a Ponte Preta voltou diferente para o segundo. Logo no início, Danilo Barcelos cobrou falta e William Alves empurrou contra o próprio gol. Parecia que o time paulista ia virar, mas só parecia. Atlético voltou para o jogo e em cruzamento de Bruno Pacheco, a bola encontrou Walter, que fez o segundo do Atlético e seu segundo no Brasileirão. Novamente atrás do placar, a Ponte pressionava mais e no último lance de bola parada do jogo, Aranha subiu para ajudar a macaca, mas em contra-ataque mortal do Atlético, Walter tocou para Ronaldo que sem ângulo chutou de longe e fechou o resultado, Atlético 3 a 1 em Campinas.

COMO FICA?

Com a vitória, o Atlético aproxima ainda mais dos rivais na luta contra o rebaixamento ficando dois atrás do vice-lanterna São Paulo. Agora a equipe enfrenta o Cruzeiro em casa no próximo domingo, no estádio Olímpico, às 16 horas. Pelo lado da Ponte Preta, a derrota ligou o pisca-alerta da equipe que pode conhecer a zona de rebaixamento, dependendo do resultado de seus rivais. Na próxima rodada a equipe encara a Chapecoense na Arena Condá, no domingo, também as 16 horas.

FICHA TÉCNICA - BRASILEIRO SÉRIE A

Jogo: PONTE PRETA 1X3 ATLÉTICO GO
Local: ESTÁDIO MOISÉS LUCARELLI, CAMPINAS.
Data: 16 de setembro, às 21h.

Árbitro: Braulio da Silva/SC
Assistentes: Kléber Lúcio Gil /SC (FIFA) e Neuza Inês Back /SC (FIFA)

Gols: Léo Gamalho 1’2T (Ponte Preta); Luiz Fernando 42’1T, Walter 22’2T e Ronaldo 48’2T (Atlético)

PONTE PRETA: Aranha; Nino Paraíba, Marllon, Luan Peres e Danilo Barcelos; Elton (Maranhão), Naldo e Felipe Saraiva (Renato Cajá); Lucca, Léo Gamalho Emerson Sheik. Técnico: Gilson Kleina

ATLÉTICO: Marcos; Jonathan, Gilvan (Eduardo Bauermann), William Alves e Bruno Pacheco; Ronaldo, Igor, Paulinho (Niltinho), Andrigo e Luiz Fernando (Jorginho); Walter. Técnico: João Paulo Sanches

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757