Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Paulo Marcos / ACG
paulinho.paulomarcos.acg
O Atlético volta a campo neste sábado para enfrentar a Ponte Preta, pela 24ª rodada do Brasileiro Série A. A equipe rubro-negra jogará na casa do adversário, no estádio Moisés Lucarelli, às 21 horas. No primeiro turno as equipes se enfrentaram e melhor para o Atlético, 3 a 0 na equipe paulista. Desfalque diante do Bahia pelo terceiro cartão amarelo, o volante Paulinho volta ao time titular contra a Ponte e espera que a equipe vença para cada vez mais sair dessa situação incômoda.

"Sabemos que é importante, como era vencer o jogo contra o Bahia para mantermos a sequência e vindo de um bom resultado contra o Corinthians, mas agora é pensar na Ponte Preta, um jogo extremamente difícil, uma equipe que tem muita qualidade técnica, mas também sabemos da fragilidade que é jogar lá dentro. Vamos em busca do resultado positivo e na situação que a nossa equipe se encontra é o que nos resta e procurar vencer", afirmou.

Contra a Ponte Preta, o que se espera é a estreia da dupla de volantes Paulinho e do recém-chegado Ronaldo. O diretor de futebol Adson Batista elogiou o jovem ex-Flamengo e se mostrou ansioso para ver ambos jogando lado a lado.

"Ronaldo é um jogador que chegou de uma grande equipe. Claro que respeitO os companheiros da posição, mas trabalhamos juntos hoje e senti muita firmeza nele, um jogador diferenciado, tem um bom passe a e uma boa marcação. Esperamos contribuir em busca dos três pontos e corresponder à expectativa do Adson e da comissão técnica", destacou.

O jogador também foi questionado sobre sua possível permanência para 2018. O diretor de futebol e vice-presidente do clube, Adson Batista, já revelou que o jogador é uma de suas prioridades para o ano que vem. Paulinho afirmou que sua vontade é continuar, mas que não depende somente dele.

"Eu tenho um enorme carinho pelo Atlético, é um clube de extrema grandeza. Temos que sentar e analisar com os empresãrio, diretoria, o Adson, não depende só de mim. Mas a minha vontade é de ficar no Atlético pela grandeza do clube, pelos profissionais que tem aqui, é um clube muito correto. Espero que tudo se resolva da melhor maneira e que as coisas possam acontecer", finalizou.

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757