Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Divulgacão
everado.divlg 001
O atacante Everaldo está acertado com o Quéretaro, do México. Faltam apenas os exames médicos e a assinatura de contrato para a negociação ser finalizada. O atacante, que é artilheiro do Atlético na Série A, recebeu uma proposta astronômica do time mexicano. Em conversa com o diretor de futebol e vice-presidente executivo, Adson Batista, Everaldo afirmou que estava interessado em deixar o Dragão e nesta segunda-feira (17), já retirou suas coisas do clube e até se despediu de alguns companheiros. 

O Atlético liberou o atacante para fazer os exames médicos nesta segunda-feira e, até o final da semana, Everaldo desembarca no México para assinar o contrato. O jogador chegou ao time rubro-negro para disputar o Campeonato Brasileiro da Série A e também a Copa do Brasil, onde realizou os dois jogos contra o Flamengo pelas oitavas de final. Adson Batista o contratou após fazer um bom Campeonato Paulista pelo Novorizontino. Ao todo, Everaldo fez 15 jogos pelo Dragão e marcou cinco gols. 

Para encher os bolsos 

Com a venda do atacante Everaldo ao Quéretaro, o Atlético lucrará cerca de R$3.500.000,00 (três milhões e meio de reais), já que o clube mexicano vai pagar a multa rescisória do jogador assim que a negociação estiver finalizada. Em entrevista exclusiva ao repórter Pedro Henrique Geninho, da Rádio 730, Adson Batista comentou a negociação e os valores. 

"Vai ser uma boa quantia, apesar que no momento em que estamos muita gente vai enxergar isso como algo negativo. Mas chega certos momentos que você privilegia a lei. Estamos segurando a mais de meses e aconteceu porque é algo positivo para o clube já que temos 100% dos direitos dele", afirmou, 

Adson fez questão de deixar claro que não pretende utilizar essa quantia para reforçar o Atlético, e sim tentar quitar a dívida trabalhista do clube que está em cerca de R$13 milhões de reais. 

"Não adianta o Atlético pegar esse dinheiro e sair dando para todo mundo, mesmo porque nção tem opção, futebol brasileiro não oferece nomes neste momento. Tínhamos que ter esse dinheiro para montar o time em janeiro porque quando não se tem esse valor para montar o elenco em cima da competição, fica complicado", finalizou. 

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757