Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

(Foto: Paulo Marcos / Atlético CG)
doriva3
O Atlético perdeu para o Vitória neste sábado (8), no Estádio Olímpico. Com a derrota, o Dragão continua na lanterna da competição, com 7 pontos. Após a partida, o diretor de futebol do clube Adson Batista falou nos microfones da 730 sobre o futuro do técnico Doriva. Para o treinador rubro-negro, ainda existe possibilidades de luta para que a equipe saia dessa situação.

“A gente já viu de tudo no futebol. Obviamente que eu não espero isso, porém quem comanda o Atlético que tem que tomar as decisões que acham necessária no momento. Eu estou aqui de corpo, alma e coração. Estou envolvido no projeto. Eu não joguei a toalha e não vou jogar. Enquanto eu estiver no Atlético vou honrar minha profissão”, afirma.

O Atlético entrou muito bem na partida, mas acabou se perdendo dentro de campo. O comandante explica o porquê dessa oscilação atleticana. “A equipe oscilou por que várias peças não funcionaram. Obviamente pela vontade de conseguir o resultado a equipe acabou se desorganizando. Tentaram ser mais ofensivos e se desorganizaram. A gente tem que ter um equilíbrio. A equipe se lançou ao ataque e ofereceu o contra-ataque com a vitória”, ressalta.

No segundo tempo a equipe conseguiu o empate com Andrigo. Mas aos 42 minutos, deixou a equipe adversária conseguir a vitória. Para Doriva, a derrota acabou prejudicando os atletas em campo.

“Realmente foi uma tarde muito infeliz. A equipe não jogou bem. Vários jogadores não jogaram bem. Quando a equipe perde acaba perdendo o aproveitamento de alguns jogadores. No meu modo de ver foi a pior partida da gente. Ainda assim a bola sobrou no nosso pé, mas a gente não conseguiu fazer o segundo gol. A gente se expos demais no segundo tempo, tentando buscar o resultado. Não conseguimos criar as situações e o que criamos não conseguimos converter em resultado. A gente lamenta muito por que hoje era um dia de fazer um grande jogo. A equipe não produziu tudo que a gente esperava. Hoje infelizmente vários atletas oscilaram e a gente perdeu qualidade. Até iniciamos bem na partida, mas depois que tomamos o gol a equipe se abateu muito”, finaliza. 

O Atlético entra em campo na próxima quinta-feira (13), contra o São Paulo, no estádio Morumbi, em São Paulo (SP), às 19h30.

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757