Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

99e69eac 04c3 4dac a12a 2d459d91100c

O Atlético foi até Belo Horizonte na última rodada da Série A encarar o Cruzeiro e acabou perdendo pelo placar de 2 a 0. Agora o Dragão tem uma sequência de dois jogos em casa, no estádio Olímpico contra Avaí e Atlético Paranaense e precisa da vitória para respirar aliviado na competição nacional.

O meia Andrigo que vem fazendo boas partidas com a camisa do Dragão  comentou sobre a partida. “Eu acho que foi porque a gente não conseguiu sair com tanta tranquilidade de trás, com bola no chão e as vezes que conseguimos sair trocando passe levamos perigo pro Cruzeiro, a gente fez isso contra a Ponte Preta e tentou fazer algumas vezes contra o Cruzeiro, o time deles estava muito no nosso campo e acabava estando muito perto dos jogadores eles retomavam a posse de bola, mas quando colocamos a bola no chão no contra-ataque, levamos perigo”, ressaltou o jogador.

Agora o Dragão terá uma sequência de partidas difíceis pela frente, na quarta-feira encara o Avaí em casa, e no sábado o Atlético- PR. “A gente pensa primeiro no próximo jogo porque ele é sempre o mais importante, então esse jogo contra o Avaí é mais uma final dessas que a gente vai jogar até o fim do ano. Cada ponto é muito importante e no final vai fazer a diferença, então a gente tem que procurar somar independentemente de qual partida vai ser”, disse o meia.

O atleta ainda foi questionado sobre a pressão que existe para que o time comece a somar pontos. “A pressão no futebol sempre existe, independente da situação que você vai estar, perto da zona de rebaixamento ou na zona de classificação para a Libertadores, então o jogador tem que ficar tranquilo pra dentro de campo desempenhar seu papel da melhor maneira”, afirmou Andrigo.

Andrigo também comentou se existe uma obrigação de vitória nas partidas dentro de casa. “Por mais que nos precisemos muito dos pontos somos obrigados a lutar pela vitória sempre, então o futebol é assim, a gente nunca sabe quando vai ganhar ou vai perder, a obrigação que a gente tem é sempre jogar pela vitória, principalmente em casa”, concluiu o atleta.

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757