Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Divulgação
jovair arantes.divulgacaojpeg
Após a eliminação do Atlético no Campeonato Goiano, o presidente do Conselho Deliberativo rubro-negro, Jovair Arantes, comentou sobre a partida. O mandatário forneceu uma entrevista polêmica na semana passada, após o primeiro jogo, afirmando que o Atlético não conseguiria a classificação. Jovair relembrou sua fala e destacou que não há nenhuma pressão em cima do técnico Marcelo Cabo.

”Não tem pressão nenhuma em cima do Marcelo Cabo, já sabia que o Atlético não se classificaria e não classificou, entendo de futebol. Qualquer um sabe que as coisas não estão completamente acertadas. Fizemos um planejamento para esses três primeiros meses e agora teremos outro”, declarou.

Nesta entrevista após o jogo de ida no último domingo, Jovair criticou abertamente as alterações feitas por Marcelo e gerou ainda mais dúvida sobre a permanência do treinador no comando técnico do Dragão. Após a eliminação, Arantes declarou que Marcelo Cabo fica e que o elenco montado para esta temporada não foi o melhor para se trabalhar.

“O Marcelo fica! Na hora de fazer uma substituição tem que colocar no lugar do cimento um barro, e assim não dá. Ele olha para o banco de reservas e não tem nenhum elenco, nenhum jogador com capacidade técnica para mudar um jogo. Ele fez o que pode”, afirmou.

O presidente do Conselho Deliberativo também comentou sobre a reformulação do elenco que acontecerá para a disputa do Campeonato Brasileiro da Série A que começa no dia 15 de maio.

“Vamos reforçar o time e fazer um grande Campeonato Brasileiro.  O Atlético fez o que tinha que fazer nesses três primeiros meses, não podia fazer uma infração no time e contratar o que não podia e se sacrificar no restante do ano. Mas o time da Série A será completamente diferente”, finalizou.

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757