Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

marcelo cabo acgO treinador rubro-negro, Marcelo Cabo, comentou sobre essas modificações. “A gente entende que esse é um bom momento para fazer rodízio, nós fizemos um planejamento na segunda-feira pra que pudéssemos descansar aqueles que precisavam ser descansados e dar mais volume de jogo aqueles que precisavam. Então dentre aquilo que foi analisado entre eu e a preparação física, vamos levar o que temos de melhor pra esse jogo, e vai ser uma equipe alternativa”, afirmou.

 Sobre a opção de escolher adversários na semifinal, Cabo foi categórico. “Quando eu preparo uma equipe, sempre que eu entro em qualquer jogo, eu entro pra vencer, os quatro time participantes das semifinais são muito equilibrados, e eu acho que se a gente ficar escolhendo adversário, a bola pune. A gente tem que trabalhar pra vencer, pra encarar aquele adversário que tiver na semifinal, e o Atlético está se preparando forte pra que possamos fazer um bom jogo.”

Uma marca importante foi conquistada por Marcelo Cabo no Dragão, em tempos que os técnicos vem assumindo um papel de destaque nos clubes, como Tite na Seleção Brasileira, Cabo completou 11 meses de clube,  somando mais de 50 jogos. Ele é o técnico que mais tempo atuou no comando do rubro-negro. “Eu não me considero ídolo da torcida, eu sou mais fã de tudo que eu encontrei aqui da torcida de tudo que eu vivi, do que sou ídolo. Sou um cara apaixonado pelo que faço e cada dia tenho um carinho especial pelo Atlético por tudo que a gente viveu até esse momento”, concluiu o treinador. 

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757