Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Assessoria Atlético
marcelo cabo acg
A noite dessa quinta-feira (23), foi uma das piores que o Atlético teve até hoje neste Campeonato Goiano. O time empatou por 0 a 0, com o Iporá, no Olímpico, e perdeu a chance de se isolar na liderança. Além disso, a equipe mostrou um futebol sem qualidade, saiu de campo vaiada pela torcida e o diretor de futebol e vice-presidente executivo, Adson Batista, se mostrou extremamente impressionado com a desorganização do grupo durante a partida. 

Após o término do jogo, o técnico Marcelo Cabo também se mostrou muito insatisfeito com o futebol apresentado, e lamentou bastante o desfalque do Jorginho (que estava suspenso por levar o terceiro cartão amarelo). "O time, em todos os aspectos, não foi bem hoje. Foi a pior partida desde que estou no comando do Atlético, precisamos trabalhar e mudar o quadro. Acredito que o Jorginho fez muita falta, porque ele é o cara que organiza o nosso meio de campo", afirmou o treinador. 

Até esta sétima rodada, o Dragão conquistou três vitórias, duas derrotas e dois empates. 11 pontos conquistados, de 21 possíveis. Marcelo ressaltou que, no geral, está satisfeito com o time, porque neste estadual, já ganhou e perdeu jogando bem, mas a noite desta quinta-feira é realmente para ser esquecida, já que, segundo ele, foi um dia "negro", onde nada deu certo. 

"Nós já fizemos partidas boas, tecnicamente boas. A maioria dos jogos no campeonato estávamos muito bem organizados, no esquema tático, inclusive nas derrotas. Hoje foi um dia ruim, nada funcionou. Trabalho e dedicação não faltam, sou o mesmo treinador, o campeão da Série B, mesmo padrão tático. Precisamos parar e analisar o que aconteceu aqui hoje", declarou Marcelo. 

O comandante rubro-negro também mostrou entender o lado da torcida, que vaiou o time na saída de campo e cobrou melhor desempenho. "A torcida tem razão. Ela paga o ingresso, está acostumada a ver um time vencedor, que encantou na Série B, e hoje fizemos uma partida péssima, horrorosa. O torcedor tem todo o direito de vaiar", finalizou. 

Com o empate, o Dragão permanece líder do Grupo B, com 11 pontos. Caso a vice-líder Aparecidense vença o Itumbiara, neste sábado, pode igualar o número de pontos com o time rubro-negro. O Camaleão se encontra com 8 conquistados até agora. 

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757