Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail


Foto: Divulgação
marcelocabo.divulgc
O Atlético empatou com o Itumbiara na noite desta segunda-feira (13) pelo placar de 3 a 3. O Dragão chegou a estar à frente em três oportunidades, mas logo em seguida levava o empate. Os dois primeiros gols do Gigante do Vale foram de pênalti, ambos cometidos por Roger Carvalho. A torcida, e também os jogadores do Dragão, reclamaram bastante da arbitragem em dois lances de falta dentro da área: um no Negueba e outro em Júnior Viçosa. 

O técnico Marcelo Cabo preferiu não fazer críticas à arbitragem e comentou sobre o ponto fraco do Atlético na partida. "A informação que chegou  até mim é que no lance do Negueba foi pênalti. No lance do primeiro pênalti para o Itumbiara, achei que foi o Roger quem levou a falta. Mas não quero ficar falando de arbitragem, porque a minha posição não é essa, não tenho a imagem do que realmente aconteceu. Hoje, tivemos uma pane defensiva, onde oportunizamos para o Itumbiara empatar todas as vezes que estávamos à frente no placar", afirmou o treinador. 

Marcelo também falou sobre o desempenho do elenco. "Hoje jogamos muito melhor do que no jogo passado (contra o Crac, que o Dragão venceu por 1 a 0), além de fazermos os três gols, perdemos chances inacreditáveis, podíamos até ter um placar amplo por tudo que criamos. Falhamos na defesa, mas agora temos que ter tranquilidade, tem clássico no domingo", disse. 

Neste primeiro turno, o desempenho do Dragão não deixou a torcida muito satisfeita. Em cinco jogos, foram duas vitórias, duas derrotas e um empate. Sete pontos conquistados em 15 possíveis. A zaga atleticana levou cinco gols (sendo quatro de pênalti), e marcou cinco, tendo um aproveitamento de 46%. Mesmo assim, o primeiro turno acaba com time rubro-negro sendo líder isolado do Grupo B. Marcelo Cabo reconheceu que o time está tendo falhas e que o segredo é trabalhar onde precisa. 

"Sabemos que estamos devendo, precisamos evoluir e fazer um jogo equilibrado, porque estamos sempre fazendo um jogo desequilibrado, onde determinado setor do time funciona e outro não. Precisamos criar um equilíbrio. E quatro pênaltis em cinco jogos é muita coisa, temos que trabalhar, corrigir para que no segundo turno tenhamos um time diferente e que dê segurança", finalizou Marcelo. 

O próximo compromisso do Dragão é no domingo (19), contra o Vila Nova, no estádio Serra Dourada, às 17 horas, pela sexta rodada do Goianão, início do segundo turno. No primeiro jogo, o time colorado venceu por 1 a 0. 

 

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757