Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Leia mais...O Super Destinos deste final de semana quer te levar para a terra dos bois garantido e caprichoso, a capital que possui um dos mais belos, charmosos e convidativos teatros do país, berço confluente dos rios Solimões e Negro, de povoados ribeirinhos, que possui um dos maiores portos flutuantes do planeta e porta de entrada da maior floresta tropical do globo. Em entrevista exclusiva à jornalista Luciana Maciel, da 730, o operador de viagens Leonardo Mendes conta o porque Manaus, a capital amazonense, é um dos destinos mais desejados do Brasil.

“Para quem quer conhecer a Amazônia, o melhor período é de janeiro a junho, com os rios cheios e muita vida selvagem. Para quem gosta de praia de rio, é recomendável de julho a novembro. No entanto, toda época é boa para se ver o Amazonas”

Segundo Leonardo Mendes, Manaus já é conhecida não apenas nacional, mas mundialmente, e o fluxo de turistas é alto o ano todo. “O número de turistas chega a ser de 50% brasileiros e 50% estrangeiros, gente de todos os cantos do Brasil e do mundo. O turista nacional gosta de ficar na cidade, é mais urbano. Já o estrangeiro gosta de ir para a selva, ficar pelo menos 5 dias conhecendo a floresta amazônica”, analisa.

Passeios diários com saída do hotel por volta das 9h da manhã para conhecer aldeias indígenas, o encontro magistral dos Rios Negro e Solimões, e a visita às cachoeiras de Presidente Figueiredo, a 100 quilômetros do município, fazem parte dos roteiros que a cidade oferece. Manaus é o 10º maior destino turístico do país e a 11ª mais populosa, com pouco mais de 2,5 milhões de habitantes.

De acordo com Leonardo Mendes, um dia na capital é o recomendado para conhecer o Teatro Amazonas, museus como o do Índio, o Mercado Municipal. “Um dia para conhecer a cidade é o suficiente, mas recomendo uma semana para conhecer a Amazônia”, pondera.

Tacacá, o sanduíche com Tucumã batizado de X-Caboquinho, queijos, peixes como o Tambaqui, o Tucunaré, que o operador garante os turistas não podem deixar de experimentar. “O assado de Tambaqui com farinha de mandioca e o Tucupi com arroz. Além disso, tem a caldeirada de Surubim”, afirma.

Ficou com água na boca e vontade de colocar o pé na estrada? Saiba mais deste Super Destino e ouça a entrevista na íntegra, que foi ao ar no programa Super Sábado deste final de semana. Bora?

Quer saber mais, acesse o site da agência Amazing Jungle Tours . 

 

Leia mais...Quem é que não sente vontade de desligar o celular, fugir do agito da cidade grande e curtir a natureza? Que tal uma fugidinha de final de semana, pra conhecer a Chapada dos Veadeiros? Um passeio repleto de trilhas, cachoeiras, adrenalina e muita paz no coração!

O Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, é uma unidade de conservação brasileira de proteção integral à natureza, localizada na região Centro-Oeste do Estado de Goiás, na Chapada dos Veadeiros. E sabe o que é melhor, tudo isso a 400 quilômetros de Goiânia. Dá pra fazer um bate volta e aproveitar o melhor da natureza. E quem contribuiu aqui com o Super Destinos, foi turismóloga, Erika Giuliene Barbosa. Durante a entrevista, demos dicas de como chegar, melhores cidades na Chapada, hospedagem, trilhas, melhores cachoeiras, a vida noturna, e claro a gastronomia.

Um dos principais atrativos turísticos de Goiás, a Chapada é procurada principalmente por aqueles que querem aproveitar o contato com a natureza ou experimentar o lado esotérico. Quer descansar, sair da rotina e aproveitar o melhor que o Estado de Goiás oferece? Ouça essa entrevista na íntegra, e faça já as suas malas pra mais esse Super Destino.

Leia mais...Imagine visitar uma cidade de primeiro mundo, estando aqui mesmo no Brasil. Transporte público de qualidade, ruas limpas, cidade arborizada, praças e parques estruturados e um clima, que é de dispensar comentários. Estou falando de Curitiba, capital do Estado do Paraná. Um paraíso situado na Região Sul do Brasil. 

Chegando a Curitiba, é possível conhecer Memoriais, o Mercado Municipal, Museus, Parques e Bosques, a Torre Panorâmica e o Setor Histórico, tudo isso feito por um ônibus de turismo que circula pela cidade, e para em diversos pontos, no modo “HopOn-HopOff”. O passeio é alternativa inteligente para uma visita em poucas horas. A viagem do “city tour” tem duração aproximada de duas horas e meia e inclui os principais atrativos de Curitiba em 44 km. 

Um dos principais pontos é o Jardim Botânico, famoso no mundo todo, um dos cartões postais da cidade. A entrada no parque é gratuita, e vale a pena colocá-lo no roteiro. A principal atração turística é uma estufa em ferro e vidro, inspirada no Palácio Cristal de Londres. O local é rodeado por belíssimos jardins, por isso, não se esqueça de levar a máquina fotográfica, para registrar cada detalhe.Curitiba é a 2ª cidade brasileira melhor preparada para receber visitantes, perdendo somente para Rio de Janeiro.

Moderna, elegante e desenvolvida, a cidade, possui uma infraestrutura completa, além de lugares lindos para conhecer e se encantar. Viaje comigo neste Super Destino. Sobre a foto do post, um guardado antigo, da minha primeira visita à Curitiba. Não poderia perder a oportunidade de relembrar essa viagem inesquecível. 

Ouça a entrevista na íntegra, sobre Curitiba, com a blogger Mariah Luz:

Leia mais...Imagine acordar e se sentir como se estivesse na Suíça; e o principal fator para isso é a temperatura, com média de 6 graus que, por enquanto, estão positivos.

Na verdade, você está na cidade mais badalada da serra paulista. O Super Destinos deste Super Sábado (15) é Campos do Jordão, conhecida como a “Suíça brasileira”. Neste mês de julho, de acordo com informações do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), as temperaturas têm sido as mais baixas na região em seis anos, com máximas que não passam dos 16ºC.

O guia de Turismo da cidade de Campos do Jordão, Natan Luiz, concedeu entrevista exclusiva à jornalista Luciana Maciel, da Rádio 730. Ele explica o que faz com que a cidade seja um dos destinos mais procurados do Estado de São Paulo.

“Na verdade, Campos do Jordão é um conjunto. Desde a arquitetura em estilo europeu, até a temperatura que lembra um pouco a dos alpes suíços. O charme da cidade é contagiante, desde a parte da gastronomia, inclusive das lojinhas de chocolate. O principal mesmo é o friozinho da montanha que todo mundo procura neste período do ano”, reata.

A cidade possui cerca de 52 mil habitantes e fica a 171 quilômetros da capital paulista, e a 1.042 quilômetros de Goiânia, com tempo de viagem de carro estimada em 12 horas e meia. São mais de 1,6 mil metros acima do nível do mar.

Segundo Natan Luiz, são esperados em 2017, até o final de agosto, cerca de 1 milhão de visitantes. Apesar da alta temporada no meio do ano, a cidade atende a diversos perfis de clientes em todas as estações.

“Na primavera, a cidade fica bem mais tranqüila, não tem tanto aquele tumulto da alta temporada. O natal aqui na cidade também é super encantador porque lembra um pouco o de Gramado, bem iluminado. Em janeiro e fevereiro, quem não quer a agitação das praias, vem pra Campos do Jordão, que, apesar de ser Verão, sempre tem o ar da montanha”, reitera.

Para os visitantes de primeira viagem, três dias de hospedagem na cidade já são suficientes para conhecer diversas atrações de Campos do Jordão. Se no frio, a boa pedida é o chocolate quente, no calor os turistas podem se deliciar com uma famosa cerveja cuja fábrica localiza-se exatamente em Campos.

O guia Natan Luiz explica que a vida noturna na cidade não é muito agitada, e que o forte é mesmo a gastronomia. No entanto, um dos bairros do município mais movimentados é o Capivari, com diversos bares e música ao vivo.

Quer saber mais sobre Campos do Jordão? Ouça a entrevista na íntegra

 

Leia mais...Quer um destino diferente e ousado? Conheça a Irlanda! Quem convive comigo, sabe da minha paixão, amor mesmo à Irlanda. Afinal, não foram 5 dias. Morei durante 5 anos na terra de St. Patrick. E agora poder fazer um programa sobre a capital desse país, o qual considero minha segunda casa, me fez viajar e por alguns minutos teletransportar e reviver momentos únicos.

Pesquisas revelam que a Irlanda é um dos melhores países para viver, e eu, claro, não tenho dúvidas. E, devido a isso, tem crescido tanto a procura de brasileiros por Dublin, capital Irlandesa. Seja pra estudar, trabalhar ou mesmo a turismo. Um dos países da Europa que mais cresce.

Conhecida como a terra de St. Patrick, da banda U2, da cerveja Guinness. O ritmo das ruas do centro de Dublin é frenético, o trânsito um pouco congestionado - algo comum em cidades grandes, nos dias de hoje. Porém, a capital da Irlanda é um lugar fácil de se locomover, simplesmente deliciosa para passeios a pé, e conta com um sistema de transporte público eficiente.

E pra contar um pouquinho sobre esse lugar tão aconchegante, entrevistamos Vitor Bruxel, ele que é viajante assim como eu, morou em Dublin durante um ano, e compartilhou a exuberante experiência com os ouvintes da Rádio 730, no Super Destinos.

 

Um dos destinos mais visitados do Brasil, Gramado tem chamado a atenção de turistas de todos os cantos do país. São vários pontos que merecem ser visitados. Pra quem quer conhecer a linda Gramado por inteira, reserve pelo menos uma semana na agenda, pra garantir não deixar nenhum ponto pra trás. Saindo de Goiânia, é possível encontrar passagem com preço acessível, hospedagem barata e ainda chegar lá e desfrutar dos passeios e da deliciosa culinária gaúcha.

Pra mim Gramado já entrou para a lista das melhores coisas do mundo. Então não perca mais tempo, faça suas malas, prepare-se e embarque comigo nesse Super Destino.

Ouça o programa na íntegra:

Mesmo depois de passar pelo susto de quase perder o voo da volta, não poderia deixar de contar a experiência única de conhecer Santiago, no Chile. Após longa escala em Guarulhos, desembarcamos na linda capital chilena.  Além do frio de 2°C, um misto de cansaço e emoções tomavam conta de nós.

No primeiro dia, escolhemos conhecer a cidade, tomar um chocolate quente, fazer um tour panorâmico, enxergar uma outra realidade da capital chilena. Escolhemos uma empresa de turismo de brasileiros lá em Santiago: a Destino Chile. Tivemos como guia, o grande Rodrigo Peña que, depois de muita parceria e risadas, se tornou nosso amigo. Muito se fala sobre a famosa rota central de Santiago que, basicamente, envolve: Palácio La Moneda, Cerro Santa Lucia, Plaza de Armas, Mercado Central, bairro Bellavista e outros próximos a esses. 

whatsapp image 2017 06 15 at 16.45.50Pontos históricos e importantes para o Chile que não podem ficar fora de nenhum roteiro. Mas Santiago é muito maior do que isso. Conhecemos uma outra realidade da capital chilena. Las Condes e Vitacura, dois bairros de classe média alta, muito sofisticados e predominantemente residenciais. Muitos dizem que são os Estados Unidos na América do Sul. E, claro, fizemos um passeio único no teleférico, desfrutando as maravilhas de Santiago do alto, e de fundo a Cordilheira dos Andes.

 

whatsapp image 2017 06 15 at 16.46.23 Após uma parada para o almoço em um restaurante típico chileno, fomos à vinícola Concha y Toro, onde escolhemos fazer o tour “Marques de Casa Concha”, uma verdadeira experiência de vinho na qual, além do passeio, degustamos 7 vinhos harmonizados com tábua de diferentes tipos de queijos. Tudo iss acompanhado de um sommelier Concha y Toro.

 

whatsapp image 2017 06 16 at 17.37.44 Eu, particularmente, tinha muita expectativa de curtir a balada chilena, inclusive fiz planos para todos os dias da viagem, mas confesso que o frio me impediu de aproveitar mais. Na primeira noite conhecemos um restaurante bem famosinho em Santiago: o Como Água para Chocolate. A comida espetacular, show ao vivo, embalado até por músicas brasileiras e um atendimento único em Santiago. Inclusive, essa foi uma parte que marcou nossa visita: o grande Ernesto, garçom que nos atendeu, esbanjava simpatia, com expressões faciais que até hoje nos fazem copiá-lo, rir e lembrar daquele momento. Um restaurante muito especial, que vale a pena conhecer, mesmo com fila de espera. 

whatsapp image 2017 06 15 at 16.49.53 No Segundo dia, fomos fazer o passeio mais esperado: o Valle Nevado. Situado na Cordilheira dos Andes, a 46 quilômetros da cidade de Santiago, é considerado o maior centro de esqui da América do Sul. Um lugar lindo e que não é tão frio como se pensa. Devido à altura, os raios solares batem e aumentam a sensação térmica. Pode parecer loucura, mas escolhemos não esquiar, preferimos passar o dia apreciando as deliciosas bebidas do Valle Nevado. 

Na segunda noite, fomos conhecer um dos pontos mais famosos da Capital: o Restaurante Giratório. Um lugar bastante conhecido em Santiago, que gira 360° enquanto se desfruta o almoço e/ou jantar, e possibilita ter uma visão incrível da cidade pelo 18° andar.  Porém, peca no atendimento.  Além de caro, os garçons não são tão simpáticos. Mas, como eu sempre digo, vale a pena conhecer, pode ser uma experiência ruim que eu tive, mas que outros não teriam.

whatsapp image 2017 06 15 at 16.50.28Já em ritmo de despedida, no último dia tive o privilégio de conhecer um dos lugares mais lindos que estive na vida: Embalse el Yeso. Uma lagoa com água de cor verde esmeralda e está localizado na Cordilheira dos Andes a uma altitude de 3000 metros na zona interior do Cajón del Maipo. É a principal fonte de abastecimento de água potável para a cidade de Santiago. Chegamos até as proximidades em um ônibus e caminhamos cerca de dois quilômetros até a maravilhosa lagoa, além de desfrutar um piquenique chileno delicioso. 

whatsapp image 2017 06 15 at 16.43.34Última noite em Santiago, e não poderíamos deixar de aproveitar e conhecer pelo menos um pouquinho da noite chilena. Foi aqui que caímos de paraquedas em um Pub, lotado e com uma banda maravilhosa, que tocava os principais ritmos do Chile, encerrando aí a nossa aventura de três dias na Cordilheiras dos Andes. Se eu voltaria a Santiago? Com certeza! Mesmo achando tudo muito caro, vale a pena cada pedacinho. A minha dica é: conheça o Chile e desfrute dessas belezas. Sobre o susto de perder o voo, vem a parte boa de saber que ainda existem pessoas boas e que elas descem à Terra em forma de anjos.

whatsapp image 2017 06 15 at 17.01.08

Chile, tchau!

 

Leia mais...

Quando escolho um determinado destino pra trazer dicas a vocês, sempre mergulho como se estivesse vivendo aquela viagem. É como se embarcasse de verdade e realmente estivesse naquele lugar enquanto trago todas as sugestões de passeios, hospedagens, restaurantes, etc.

As pessoas me perguntam: Você vai a todos os destinos? Eu respondo: Em pensamento e em desejo é como se estivesse lá. O meu amor pelo mundo das viagens é tão grande que eu consigo me sentir lá, de verdade. E foi isso que aconteceu com o destino de hoje: a Paraíba, mais precisamente João Pessoa.

Nunca estive na Paraíba, mas minha viagem intelectual foi tão profunda que decidi que ele será o meu próximo destino de praia. Nunca havia pensado em conhecer João Pessoa, mas é incrível como estudar e conhecer a história do lugar pode transformar suas prioridades.

Já sei que lá existem praias incríveis, que é uma capital desacelerada e que permite ter pequenos prazeres como caminhar na areia e mergulhar no mar. “Jampa”, como é carinhosamente chamada por seus moradores, é considerada a “bola da vez” no Nordeste brasileiro. O turismo vem se desenvolvendo de forma rápida e existe uma boa estrutura para os visitantes. É lá onde o sol nasce primeiro, onde o forró fala mais alto e onde o turista encontra um pouco de sossego, mesmo estando em uma capital. Aí está o motivo de ter escolhido o meu próximo destino praiano.

E, se você perdeu o programa de hoje, acompanhe pelo podcast todas as belezas da Paraíba. Te convido a viajar pela imaginação e saber tudo sobre João Pessoa. E eu continuo por aqui, me programando para conhecer essa linda capital nordestina, que chama cada dia mais a atenção dos turistas.

Ouça o Super Destinos na íntegra:

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757