Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

paratyO Super Destinos deste final de semana te convida para relaxar em um paraíso localizado no interior do estado do Rio de Janeiro, a pouco mais de 250 quilômetros da capital fluminense.

Paraty é o destino que mistura cachoeiras, parques, ilhas, áreas de reserva ambiental e muita história. Considerada Patrimônio Histórico Nacional, preserva até hoje os seus inúmeros encantos naturais e arquitetônicos. O guia de turismo Ricardo Camargo, resume as belezas deste verdadeiro paraíso nacional.

“Paraty é uma cidade muito especial, que agrega uma variedade de programas muito interessantes. Tem a parte cultural que é o próprio centro histórico, muito bem preservado, com arquitetura colonial portuguesa, um dos melhores exemplos da arquitetura portuguesa no Brasil”, relata.

Ouça a entrevista na íntegra

As construções de seus casarões e igrejas traduzem um estilo de época e os misteriosos símbolos maçônicos que enfeitam as suas paredes levam os visitantes a imaginar como seria a vida no Brasil de antigamente. O tráfego de automóveis no Centro é proibido, o que contribui para uma viagem pelo tempo na cidade histórica.

Para quem procura por mar, sol e aventuras, Paraty também não deixa a desejar, como explica o guia de turismo. “Temos praias, ilhas, mergulho, surf. Estamos encostados na mata atlântica, nas Serras da Mantiqueira e da Bocaina, com uma vegetação magnífica. É uma cidade que, apesar de pequena, tem um cardápio muito interessante para o visitante.

paratye

Bate e volta. Compensa?

De acordo com o profissional de turismo, Paraty possui tantas belezas que é impossível conhecer tudo em um dia. Ricardo Camargo afirma que fazer o chamado “bate e volta”, ou seja, chegar pela manhã, passar o dia e ir embora, é um verdadeiro desperdício.

“Você vai ter uma ideia vaga do que é Paraty. Para aproveitar bem a viagem, a distância viajada e a estadia em Paraty, entre três e cinco dias é um prazo bom para realmente se conhecer a cidade.

Festivais

Paraty recebe diversos eventos ao longo do ano. Mas o guia afirma que o que mais atrai o público é a Flip – Festa Literária Internacional de Paraty, que é realizada no mês de julho. “Na última edição, tivemos praticamente 20 mil turistas por aqui, o que é um número bastante considerável”, ressalta.

Outra atração é um convite aos sabores de bebidas da região. Realizado desde 1982, quando começou com o nome Festival da Pinga e Produtos Típicos de Paraty, o Festival de Cachaça de Paraty também atrai grande público para a cidade, e que acontece anualmente em agosto.

História

A cidade foi fundada em 1667 em torno à Igreja de Nossa Senhora dos Remédios, sua padroeira. Teve grande importância econômica devido aos engenhos de cana-de-açúcar (chegou a ter mais de 250), sendo considerada sinônimo de boa aguardente.

No século XVIII, destacou-se como importante porto por onde se escoava das Minas Gerais, o ouro e as pedras preciosas que embarcavam para Portugal. Porém, com a construção de um novo caminho da Estrada Real, desembocando diretamente no Rio de Janeiro, levou a cidade a um grande isolamento econômico.

Após a abertura da Estrada Paraty-Cunha,e principalmente, após a construção da Rodovia Rio-Santos na década de '70, Paraty torna-se pólo de turismo nacional e internacional, devido ao seu bom estado de conservação e graças às suas belezas naturais.

Em sua área encontram-se o Parque Nacional da Serra da Bocaina, a Área de Proteção Ambiental do Cairuçú, onde está a Vila da Trindade, a Reserva da Joatinga, e ainda, faz limite com o Parque Estadual da Serra do Mar. Ou seja, é Mata Atlântica por todo lado.

Com informações do site paraty.com.br

Clique aquie e acompanhe o Super Destinos acessando o blog da jornalista Luciana Maciel no Portal 730

paratyd

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757