Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Leia mais...Se você pensava que Toronto era a capital do Canadá, saiba que não, mas bem que podia ser. A maior cidade canadense é também a quarta maior da América do Norte, e é o Super Destino da edição deste sábado (26).

Situada na província de Ontário, a cerca de 98 quilômetros da fronteira com o estado de Nova York nos Estados Unidos, Toronto possui cerca de 5 milhões de habitantes, praticamente o quíntuplo da capital Ottawa, com pouco mais de 1,4 milhões de cidadãos em sua região metropolitana.

Dinâmica e cosmopolita, possui uma verdadeira mistura de arquitetura moderna, como a terceira torre mais alta do mundo, a CN Tower, com mais de 553 metros de altura; e histórica, como a Nathan Phillips Square, a praça cívica da cidade onde está localizado o prédio da prefeitura.

Toronto é ainda referência em sistema de transportes, diversidade étnica e cultural, tendo como idiomas predominantes o inglês e o francês, além de oportunidades para intercâmbio. No ano de 2015, foi eleita pelo site The Economist como a melhor cidade do mundo para se viver.

Apaixonada pelas terras nórdicas do Canadá, a consultora de Turismo, Thaís Pinheiro, concedeu entrevista exclusiva à jornalista Luciana Maciel, da Rádio 730, relata alguns dos motivos para se conhecer Toronto.

Clique aqui e acompanhe o blog da jornalista Luciana Maciel

“Embora seja a maior cidade e centro financeiro do país, não parece que se está em uma grande cidade. Tem um sistema de transporte simples, que atende a toda a cidade. Toronto é muito segura, você pode caminhar à vontade à noite, com a família, com crianças, é muito tranquila. Estrutura de cidade grande, com segurança de cidade pequena”, analisa.

Segundo Thaís Pinheiro, segurança também o fator que atrai um alto número de estudantes com o objetivo de fazer intercâmbio no país. E não é de hoje. Entre 2007 e 2011, o Canadá registrou aumento de 33% no número de alunos estrangeiros em seu território, mais de 73 mil só no primeiro ano deste período.

“Por segurança e por ser um país pacífico. A cidade de Toronto é a principal do país também neste quesito como todos estes benefícios como também qualidade de vida, boas escolas, facilidade de acesso a transporte, onde há a possiblidade de se manter uma vida sociável com cultura, com muitos parques para passear”, enumera.

Próximo do ártico, mas também do clima temperado dos Estados Unidos, o Canadá, segundo a consultora de Turismo, possui dois períodos bem definidos quanto às temperaturas. “Faz bastante frio de novembro a março. De maio a início de setembro, o clima fica muito bom”, ressalta, avaliando de acordo com o perfil do turista brasileiro.

Quer saber mais sobre Toronto? Ouça a seguir a entrevista na íntegra do quadro Super Destinos deste sábado (26).

Leia mais...É incrível o poder de escrever a respeito de um lugar, sem nunca ter visitado antes. Essa foi a minha sensação, ao ter Ibiza para retratar belezas, gastronomia, história, enfim, um Super Destino a se conhecer. Ibiza é a ilha mais procurada por europeus durante o verão, e atrai turistas de todos os países e de todas as idades.  

Também conhecida como Ilha Branca, é tão linda, cheia de sensações e de gente bonita e feliz, que deixa até quem não conhece sem palavras!  Situada na Espanha, é possível pegar um voo de Barcelona que te leve ao paraíso tombado pela Unesco em 1999. 

Quem é que não gosta de ter tudo em um lugar só? Balada, afinal essa é a primeira coisa que se pensa, quando coloca-se Ibiza em um roteiro. O centro da cidade de Ibiza é muito bonito, tem muita história e aquele clima praiano de charme das cidades do mediterrâneo. Com arquitetura antiga porém com decoração moderna, possui bons bares e restaurantes com vistas muito bonitas. Além da gastronomia, da história, das festas e dos mercadinhos hippies. Ibiza tem praias de todos os tipos. São mais de 40 praias em toda a ilha.Imagine só isso, eu mesma ficaria fácil 30 dias em um destino como esse.

E se você está planejando viajar para lá, não deixe de conferir também as dicas imperdíveis que o goiano, Vigner Nunes, que vive em Ibiza deu pra galera do Super Destinos.

Leia mais...Chegou a hora de conhecer o principal cartão postal do Maranhão: os Lençóis Maranhenses. O acesso principal é através de um voo até São Luís, capital do Maranhão. Apesar da capital ser bem interessante de visitar, não é obrigatório ficar por lá. A partir do aeroporto, saem transportes direto para Barreirinhas ou outras regiões do parque.

Qual a melhor época pra ir? O litoral do Maranhão, onde o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses está localizado, possui duas épocas climáticas marcantes. A época das chuvas vai de fevereiro a maio. Por isso, a melhor época para quem deseja contemplar e mergulhar nas lagoas do parque, é de maio a setembro. A partir de setembro, as lagoas começam a secar. Mesmo assim, ainda dá para aproveitar. Os Lençóis Maranhenses são um desses destinos de viagem que, após conhecer, você irá se perguntar porque afinal não viajou para lá antes.

Quer dicas de onde se hospedar nos Lençóis Maranhenses? A região do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses contempla 3 cidades: Barreirinhas, Santo Amaro e Primeira Cruz. A cidade base mais famosa para explorar os Lençóis, é Barreirinhas. A cidade possui uma boa infraestrutura de hotéis e restaurantes, com acesso fácil de carro.

Se você procura um destino único e exótico, chegou a hora de conhecer o Maranhão. Provavelmente você vai ter dificuldade de encontrar outro lugar com uma paisagem tão peculiar. Andar no alto de uma duna, e encontrar uma lagoa de águas verde esmeralda, ou curtir um mergulho numa lagoa exclusivamente sua, conhecer uma praia deserta, percorrer um rio navegando entre buritis, são experiências que você só vai encontrar nos lençóis maranhenses. Você, com certeza, vai se perguntar: porque eu não vim para os Lençóis Maranhenses antes? Depois me conta. Até a próxima.

Ouça entrevista na íntegra:

                      

Leia mais...O Super Destinos deste final de semana quer te levar para a terra dos bois garantido e caprichoso, a capital que possui um dos mais belos, charmosos e convidativos teatros do país, berço confluente dos rios Solimões e Negro, de povoados ribeirinhos, que possui um dos maiores portos flutuantes do planeta e porta de entrada da maior floresta tropical do globo. Em entrevista exclusiva à jornalista Luciana Maciel, da 730, o operador de viagens Leonardo Mendes conta o porque Manaus, a capital amazonense, é um dos destinos mais desejados do Brasil.

“Para quem quer conhecer a Amazônia, o melhor período é de janeiro a junho, com os rios cheios e muita vida selvagem. Para quem gosta de praia de rio, é recomendável de julho a novembro. No entanto, toda época é boa para se ver o Amazonas”

Segundo Leonardo Mendes, Manaus já é conhecida não apenas nacional, mas mundialmente, e o fluxo de turistas é alto o ano todo. “O número de turistas chega a ser de 50% brasileiros e 50% estrangeiros, gente de todos os cantos do Brasil e do mundo. O turista nacional gosta de ficar na cidade, é mais urbano. Já o estrangeiro gosta de ir para a selva, ficar pelo menos 5 dias conhecendo a floresta amazônica”, analisa.

Passeios diários com saída do hotel por volta das 9h da manhã para conhecer aldeias indígenas, o encontro magistral dos Rios Negro e Solimões, e a visita às cachoeiras de Presidente Figueiredo, a 100 quilômetros do município, fazem parte dos roteiros que a cidade oferece. Manaus é o 10º maior destino turístico do país e a 11ª mais populosa, com pouco mais de 2,5 milhões de habitantes.

De acordo com Leonardo Mendes, um dia na capital é o recomendado para conhecer o Teatro Amazonas, museus como o do Índio, o Mercado Municipal. “Um dia para conhecer a cidade é o suficiente, mas recomendo uma semana para conhecer a Amazônia”, pondera.

Tacacá, o sanduíche com Tucumã batizado de X-Caboquinho, queijos, peixes como o Tambaqui, o Tucunaré, que o operador garante os turistas não podem deixar de experimentar. “O assado de Tambaqui com farinha de mandioca e o Tucupi com arroz. Além disso, tem a caldeirada de Surubim”, afirma.

Ficou com água na boca e vontade de colocar o pé na estrada? Saiba mais deste Super Destino e ouça a entrevista na íntegra, que foi ao ar no programa Super Sábado deste final de semana. Bora?

Quer saber mais, acesse o site da agência Amazing Jungle Tours . 

 

Leia mais...Quem é que não sente vontade de desligar o celular, fugir do agito da cidade grande e curtir a natureza? Que tal uma fugidinha de final de semana, pra conhecer a Chapada dos Veadeiros? Um passeio repleto de trilhas, cachoeiras, adrenalina e muita paz no coração!

O Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, é uma unidade de conservação brasileira de proteção integral à natureza, localizada na região Centro-Oeste do Estado de Goiás, na Chapada dos Veadeiros. E sabe o que é melhor, tudo isso a 400 quilômetros de Goiânia. Dá pra fazer um bate volta e aproveitar o melhor da natureza. E quem contribuiu aqui com o Super Destinos, foi turismóloga, Erika Giuliene Barbosa. Durante a entrevista, demos dicas de como chegar, melhores cidades na Chapada, hospedagem, trilhas, melhores cachoeiras, a vida noturna, e claro a gastronomia.

Um dos principais atrativos turísticos de Goiás, a Chapada é procurada principalmente por aqueles que querem aproveitar o contato com a natureza ou experimentar o lado esotérico. Quer descansar, sair da rotina e aproveitar o melhor que o Estado de Goiás oferece? Ouça essa entrevista na íntegra, e faça já as suas malas pra mais esse Super Destino.

Leia mais...Imagine visitar uma cidade de primeiro mundo, estando aqui mesmo no Brasil. Transporte público de qualidade, ruas limpas, cidade arborizada, praças e parques estruturados e um clima, que é de dispensar comentários. Estou falando de Curitiba, capital do Estado do Paraná. Um paraíso situado na Região Sul do Brasil. 

Chegando a Curitiba, é possível conhecer Memoriais, o Mercado Municipal, Museus, Parques e Bosques, a Torre Panorâmica e o Setor Histórico, tudo isso feito por um ônibus de turismo que circula pela cidade, e para em diversos pontos, no modo “HopOn-HopOff”. O passeio é alternativa inteligente para uma visita em poucas horas. A viagem do “city tour” tem duração aproximada de duas horas e meia e inclui os principais atrativos de Curitiba em 44 km. 

Um dos principais pontos é o Jardim Botânico, famoso no mundo todo, um dos cartões postais da cidade. A entrada no parque é gratuita, e vale a pena colocá-lo no roteiro. A principal atração turística é uma estufa em ferro e vidro, inspirada no Palácio Cristal de Londres. O local é rodeado por belíssimos jardins, por isso, não se esqueça de levar a máquina fotográfica, para registrar cada detalhe.Curitiba é a 2ª cidade brasileira melhor preparada para receber visitantes, perdendo somente para Rio de Janeiro.

Moderna, elegante e desenvolvida, a cidade, possui uma infraestrutura completa, além de lugares lindos para conhecer e se encantar. Viaje comigo neste Super Destino. Sobre a foto do post, um guardado antigo, da minha primeira visita à Curitiba. Não poderia perder a oportunidade de relembrar essa viagem inesquecível. 

Ouça a entrevista na íntegra, sobre Curitiba, com a blogger Mariah Luz:

Leia mais...Imagine acordar e se sentir como se estivesse na Suíça; e o principal fator para isso é a temperatura, com média de 6 graus que, por enquanto, estão positivos.

Na verdade, você está na cidade mais badalada da serra paulista. O Super Destinos deste Super Sábado (15) é Campos do Jordão, conhecida como a “Suíça brasileira”. Neste mês de julho, de acordo com informações do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), as temperaturas têm sido as mais baixas na região em seis anos, com máximas que não passam dos 16ºC.

O guia de Turismo da cidade de Campos do Jordão, Natan Luiz, concedeu entrevista exclusiva à jornalista Luciana Maciel, da Rádio 730. Ele explica o que faz com que a cidade seja um dos destinos mais procurados do Estado de São Paulo.

“Na verdade, Campos do Jordão é um conjunto. Desde a arquitetura em estilo europeu, até a temperatura que lembra um pouco a dos alpes suíços. O charme da cidade é contagiante, desde a parte da gastronomia, inclusive das lojinhas de chocolate. O principal mesmo é o friozinho da montanha que todo mundo procura neste período do ano”, reata.

A cidade possui cerca de 52 mil habitantes e fica a 171 quilômetros da capital paulista, e a 1.042 quilômetros de Goiânia, com tempo de viagem de carro estimada em 12 horas e meia. São mais de 1,6 mil metros acima do nível do mar.

Segundo Natan Luiz, são esperados em 2017, até o final de agosto, cerca de 1 milhão de visitantes. Apesar da alta temporada no meio do ano, a cidade atende a diversos perfis de clientes em todas as estações.

“Na primavera, a cidade fica bem mais tranqüila, não tem tanto aquele tumulto da alta temporada. O natal aqui na cidade também é super encantador porque lembra um pouco o de Gramado, bem iluminado. Em janeiro e fevereiro, quem não quer a agitação das praias, vem pra Campos do Jordão, que, apesar de ser Verão, sempre tem o ar da montanha”, reitera.

Para os visitantes de primeira viagem, três dias de hospedagem na cidade já são suficientes para conhecer diversas atrações de Campos do Jordão. Se no frio, a boa pedida é o chocolate quente, no calor os turistas podem se deliciar com uma famosa cerveja cuja fábrica localiza-se exatamente em Campos.

O guia Natan Luiz explica que a vida noturna na cidade não é muito agitada, e que o forte é mesmo a gastronomia. No entanto, um dos bairros do município mais movimentados é o Capivari, com diversos bares e música ao vivo.

Quer saber mais sobre Campos do Jordão? Ouça a entrevista na íntegra

 

Leia mais...Quer um destino diferente e ousado? Conheça a Irlanda! Quem convive comigo, sabe da minha paixão, amor mesmo à Irlanda. Afinal, não foram 5 dias. Morei durante 5 anos na terra de St. Patrick. E agora poder fazer um programa sobre a capital desse país, o qual considero minha segunda casa, me fez viajar e por alguns minutos teletransportar e reviver momentos únicos.

Pesquisas revelam que a Irlanda é um dos melhores países para viver, e eu, claro, não tenho dúvidas. E, devido a isso, tem crescido tanto a procura de brasileiros por Dublin, capital Irlandesa. Seja pra estudar, trabalhar ou mesmo a turismo. Um dos países da Europa que mais cresce.

Conhecida como a terra de St. Patrick, da banda U2, da cerveja Guinness. O ritmo das ruas do centro de Dublin é frenético, o trânsito um pouco congestionado - algo comum em cidades grandes, nos dias de hoje. Porém, a capital da Irlanda é um lugar fácil de se locomover, simplesmente deliciosa para passeios a pé, e conta com um sistema de transporte público eficiente.

E pra contar um pouquinho sobre esse lugar tão aconchegante, entrevistamos Vitor Bruxel, ele que é viajante assim como eu, morou em Dublin durante um ano, e compartilhou a exuberante experiência com os ouvintes da Rádio 730, no Super Destinos.

 

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757