Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Karina Azevedo / Portal 730
PM
Na manhã desta terça-feira (17), a Polícia Militar do Estado de Goiás concedeu entrevista coletiva para fornecer mais informações sobre o desaparecimento do técnico Marcelo Cabo. Na noite desta segunda-feira (16) a PM liberou uma nota oficial onde dizia apenas que Cabo havia sido encontrado e estava bem. 

Segundo o Coronel Ricardo Rocha, comandante do policiamento da capital, a PM teve conhecimento do sumiço de Marcelo Cabo por volta das 11h30 da segunda-feira através da assessoria de imprensa do Atlético. O primeiro passo da PM foi procurar indícios que pudessem levar até onde o técnico poderia estar. Foram até o apartamento do treinador e olhando as imagens da câmera de segurança, viram que ele retornou ao prédio, por volta das 15h48, em um táxi, subiu, pegou algo, desceu e entrou novamente no veículo. 

A PM, através das câmeras de segurança, identificou a placa do táxi e foi até o motorista que informou a região onde havia deixado Marcelo, na BR 153. Com a ajuda da PM de Aparecida de Goiânia, foi feita uma operação para descobrir o local exato que o treinador poderia estar. Por volta das 20h00 o treinador foi encontrado dentro de um motel nessa região. A PM entregou ele à diretoria do clube rubro-negro e a própria diretoria o levou para a Polícia Civil. 

O Coronel Ricardo não forneceu detalhes se Cabo estava sozinho ou acompanhado, se estava sob efeitos de drogas ou álcool e nem o nome do motel. Segundo ele, a assessoria do Atlético ou próprio Marcelo que fornecerá essas informações de forma mais completa. O Coronel ainda afirmou que quando o técnico foi encontrado ele estava tranquilo, parecia normal e não apresentava nenhuma alteração visível.  

carregando...

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757