Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Nathália Freitas / Portal 730
adson cabine nathalia freitas
Após anunciar a contratação oficial do atacante Walter nesta terça-feira (14), o diretor de futebol e vice-presidente executivo do Atlético, Adson Batista, forneceu a primeira coletiva sobre o novo reforço. A chegada de Walter ao Dragão dividiu opiniões na torcida rubro-negra, já que o histórico do jogador no arquirrival Goiás surpreendeu, de forma negativa, todo o futebol goiano. Além do problema com o peso, Walter também agrediu um companheiro de equipe durante um treinamento, o que levou à rescisão de contrato entre o jogador e o clube esmeraldino. 

Apesar de tudo isso, Adson Batista se mostrou muito confiante com o planejamento formulado para ajudar o atacante a reencontrar um futebol de alto nível. 

"Ele teve muitas propostas e realmente pesou a vontade dele de jogar no Atlético. Isso nos deixou muito satisfeitos, confiamos muito na qualidade técnica do jogador, sei que temos condições internas para criar um ambiente favorável e profissional que o jogador possa estar em um nível de competitividade alto. Temos dois meses dentro do nosso planejamento para colocá-lo no melhor nível possível. Ninguém aqui quer o Walter magro demais, sabemos que a composição física dele é diferente. Dentro disso vamos trabalhar para que ele tenha totais condições de estrear contra o Coritiba (pelo Brasileirão). Vamos fazer alguns amistosos e jogos treinos para ele pegar ritmo após ele estar em um nível físico ideal", afirmou Adson. 

O mandatário fez questão de ressaltar a importância que o presidente do Conselho Deliberativo do Atlético, Jovair Arantes, teve para que o negócio se concretizasse. Além disso, novas parcerias também foram fundamentais para que o Atlético tivesse condições de pagar o salário do jogador, mas o empréstimo do Porto ao time-rubro negro até o final do ano é gratuito. 

"O Atlético contratou o Walter com várias situações e nenhuma de ficar afrontando adversário. Tem uma negociação em curso e logicamente o Atlético se beneficiou dela porque fomos ágeis. A partir do momento que ele se desvinculou do Goiás nós fomos o primeiro clube a procurá-lo e ele mostrou interesse em não querer sair de Goiânia e ficar em um clube de Série A e isso nos deixou muito satisfeitos. Fomos atrás de parceiros para concretizar este acordo. O salário do Walter será pago pelo Atlético, porém, nós temos dois ou três parceiros que vão participar como patrocinadores e isso aliviou muito para que o clube viabilizasse essa contratação", declarou. 

Walter chegará recebendo um salário superior em relação aos outros atletas rubro-negros, mas para Adson isso não vai interferir. Segundo ele, tanto o treinador Marcelo Cabo como os jogadores estão empolgados com a contratação do novo companheiro e com grandes expectativas para o Campeonato Brasileiro. 

"Nós confiamos no jogador, no nosso trabalho e no dia a dia para envolvê-lo e fazer com que ele cumpra nossa ideia. A recepção do Marcelo e dos jogadores sobre a nova contratação foi fantástica, todos me perguntando sobre quando o Walter vai jogar, afirmando que ele irá nos ajudar. Ele é diferenciado", finalizou Adson. 

carregando...

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757